Israel Pontos Turísticos

Israel

Israel

Se você ainda não conhece, pode ter a total certeza de que Israel é um verdadeiramente surpreendente, que agrada a todos os tipos de turistas. Por lá você poderá conferir desde atrações religiosas, quando ter experiencias históricas, culturais e gastronômicas também.

O fato é que Israel, mesmo com seu território pequeno, oferece uma grande variedade de museus incríveis, paisagens naturais de tirar o fôlego, sítios arqueológicos, belas praias, obvio, um roteiro religioso que é de extrema significância para várias religiões.

Isso tudo sem falar na ótima gastronomia que irá acompanhar a sua viagem por onde quer que você vá nesse país incrível.

Então, se você está mesmo interessado e quer saber mais sobre Israel, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre esse assunto. Vamos lá?!

Quando ir

Quando-ir-casal-jovem-com-mapa-em-verãoO clima de Israel é bastante quente no verão e bastante úmido no inverno. Considerando isso, a melhor época para ir para lá é entre os meses de fevereiro a maio e também entre setembro e novembro.

Nesses meses, a temperatura não está tão quente, mas você também não terá o frio e a chuva que são comuns em outros meses.

O fato e que o país vive um intenso turbilhão religioso e é por isso que alguns feriados podem tornar a sua visita ao local uma verdadeira loucura.

Então, além de escolher os melhores meses por causa do clima, a dica é também evitar o Natal e Semana Santa.

Como chegar

Partindo do Brasil, existem voos diretos que saem da cidade de São Paulo para a capital de Israel, Tel Aviv, no aeroporto internacional Bem Gurion, que é a principal porta de entrada do país.

Dentre as companhias aéreas que fazem esse trajeto, podemos citar a El Al, que é uma empresa aérea israelita e também a LATAM. O voo tem uma duração média de 15 horas quando é direto.

Caso não consiga pegar um voo direto, existe mais uma grande variedade de empresas aéreas que oferecem o destino com diferentes conexões.

O que fazerO-que-fazer-em-Israel

Não existe a menor sombra de dúvidas de que Israel é um país verdadeiramente surpreendente e é justamente por isso que o que não falta por lá são coisas incríveis para fazer. Então, vamos ver algumas dicas:

  • Visite outras regiões

Muita gente que vai para Israel acaba ficando mais na área de Jerusalém, mas a verdade é que o país tem atrações para um mês inteiro, então, nada melhor do que desvendá-las.

O fato é que o país é pequeno, sendo possível cruzá-lo de norte a sul em apenas 5 horas. Por isso, aproveite a proximidade para descobrir destinos próximos.

  • Enfrente a multidão para conhecer a Via Sacra

Um dos principais pontos turísticos de Israel é esse, até mesmo para quem não vai ao país com foco religioso. O local marca o caminho percorrido por Jesus nos momentos que antecederam sua morte.

  • Experimente os sabores dos mercados de rua

Os mercados de rua estão espalhados por toda parte e trazem comidas cheias de sabores e temperos. Dentre os mais populares, temos o Mercado Árabe da Cidade Velha de Jerusalém.

  • Veja um pôr do sol no Monte das Oliveiras

Esse monte é bastante famoso, sendo um dos lugares descritos na bíblia, que oferece uma vista incrível para a cidade velha murada, a cúpula dourada da Mesquita de Omar e um por do sol de tirar o fôlego, entre outros.

  • Emocione-se no Museu do Holocausto

O museu foi construído em memória das muitas vítimas do Holocausto no mundo todo. Lá você poderá fazer uma visita guiada com os judeus, que contam a história em detalhes.

Onde ficarOnde-ficar-em-Israel

Sem dúvidas, decidir onde ficar é uma das missões mais difíceis na hora de organizar sua viajem para Israel, principalmente quando você não vai com uma excursão e sim por conta própria.

O fato é que o país oferece uma grande variedade de atrações incríveis, convidando o turista a explorar cada parte do seu território.

Com isso, não é incomum ver turistas “nômades” que ficam um dia em uma cidade, dois dias e outra e assim vão andando para desbravar o país inteiro.

Por isso é que, antes mesmo de determinar onde ficar, é interessante ter uma ideia do seu roteiro, entendendo melhor por onde você vai passar.

Uma outra opção também é escolher uma cidade como base e então ir fazendo bate volta para outros destinos.

Nesse caso, prefira sempre Jerusalem ou Tel Aviv, que tornam fácil o deslocamento para outras cidades.

No norte do país, a dica é ficar por Haifa ou Tiberíades, que são cidades encantadoras e com boas opções de hospedagem para uma passada rápida.

O que comer

Como já foi dito, Israel tem uma gastronomia muito saborosa, cuja origem é um misto de vários outros povos. Essa região, que já foi palco de inúmeros conflitos, já esteve sob a dominação de muitas outras culturas, o que teve uma forte influência na sua culinária.

Shwarma

Xauarma é um prato originalmente do oriente médio, composto de fatias finas de carne de carneiro ou frango, assada em um espeto vertical e servidas no pão árabe com legumes, homus, labneh e outros acompanhamentos.

Então, vamos conhecer alguns pratos típicos que você não pode deixar de experimentar quando for à Israel!

  • Burekas: também chamada de Borek, esse prato é uma massa, assada ao forno que recebe diversos recheios, sendo comida, normalmente, no café da manhã.
  • Baba ganoush: esse prato tem a berinjela como base, que pode ser feita assada ou grelhada juntamente com o tahine, que é uma pasta de sementes de gergelim. O creme é servido em uma travessa, coberto com azeite e com torradinhas de acompanhamento.
  • Shwarma: conhecido no brasil somo churrasquinho grego, o prato é feito com tiras finas de carne, que são assadas em um espeto vertical e servidas no pão sírio.
  • Baklava: esse é um doce, feito com muitas camadas de massa filo, recheado com pistache ou nozes, cobertos com calda de açúcar.

O fato é que comer a comida de um lugar ajuda também a conhecê-lo um pouco mais, entender suas origens e costumes. Por isso, não deixe de provar os doces típicos.

Israel Pontos Turísticos

Imagine passear por um lugar onde a história aconteceu e que foi o cenário do mais conhecidos eventos do mundo. Por lá, até os dias de hoje, é possível conhecer uma grande quantidade desses pontos da “Terra Santa”.

Então, vamos conhecer os principais pontos turísticos de Israel para que você monte o seu roteiro:

  • O Mar Morto

É muito grande o número de viajantes que vai até Israel e não tinha um tempo para ir conhecer o incrível Mar Morto, visto que o turismo religioso acaba sendo o grande foco do lugar.

Sendo assim, não deixe de colocar esse ponto de interesse no seu roteiro, pois além da incrível beleza de um mar rosa, você ainda pode experimentar flutuar em suas águas.

mar-morto

O Mar Morto, que banha Israel, a Cisjordânia e a Jordânia, é um lago salgado cujas margens estão mais de 400 m abaixo do nível do mar, sendo o ponto mais baixo em terra seca do planeta

  • Masada

Para quem gosta de uma bela paisagem e história, esse lugar é incrível. Perto do deserto tem um hotel que vale a pena se hospedar para fazer a trilha ao nascer do sol a caminho do topo de Masada. É lindo!

Como se não bastasse a belíssima paisagem, o local ainda abriga uma antiga fortaleza onde foi construída o palácio de Herodes.

Masada

Massada, que, provavelmente, significa “lugar seguro” ou “fortaleza”, é um imponente planalto escarpado, situado no litoral sudoeste do Mar Morto

  • Soreq

Ainda falando de belezas naturais, a caverna de Soreq não poderia ficar de fora. Por lá você vai encontrar um lugar incrível que mais parece um outro universo, cheio de estalagmites e estalactites.

Essa é uma das 10 cavernas mais incríveis do mundo!

Soreq

Avshalom Cave, também conhecida como Soreq Cave ou Stalactites Cave, é uma caverna de 5.000 m² no lado oeste do Monte. Ye’ela, nas colinas da Judéia em Israel, única por sua densa concentração de estalactites e outras formações de cavernas.

  • Basílica do Santo Sepulcro

Tida como um dos lugares mais sagrados do mundo, essa basílica foi construída no local em que Jesus foi crucificado e sepultado. Esse é um dos lugares mais visitados no mundo, se dividindo em 5 igrejas.

Basílica-do-Santo-Sepulcro

A Basílica do Santo Sepulcro é um templo cristão localizado no Quarteirão Cristão da Cidade Velha de Jerusalém onde, segundo a tradição, Jesus teria sido crucificado, sepultado e, ao terceiro dia, teria ressuscitado.

  • Via dolorosa

Localizada em Jerusalém, no coração da Old City, essa é a principal rua da época de Jesus. Inclusive, foi por ela que Cristo carregou a sua cruz.

Via-crucis

Via Dolorosa é uma rua na cidade velha de Jerusalém, que começa na Portão do Leão e percorre a parte ocidental da cidade de Jerusalém, terminando na Igreja do Santo Sepulcro. De acordo com a tradição cristã, foi por este caminho que Jesus Cristo carregou a cruz. A rua possui nove das quatorze estações da cruz

  • Muro das lamentações

Chamado de Western Wall, esse é um dos locais considerados mais sagrados para os judeus. O muro nada mais é do que a parte que restou do templo de Herodes, que resistiu ao ataque romano muitos outros.

Mais do que um lugar de prece, muitos judeus vão ao local e deixam seus pedidos em papeis, que colocam nas frestas do muro.

Muro-das-lamentações

O Muro das Lamentações ou Muro Ocidental é o segundo local mais sagrado do judaísmo, atrás somente do Santo dos Santos, no monte do Templo.

  • Temple Mount

Esse é considerado um lugar sagrado tanto para cristão quanto para judeus e muçulmanos. É nessa esplanada que fica a Mesquita de Al-Aqsa, o Dome of the Chain e o Dome of the Rock.

A sua localização e perto do Muro das lamentações, então aproveite e reserve um turno inteiro para conhecê-los.

Monte do Templo

O monte do Templo, em alusão ao antigo templo, conforme é conhecido pelos judeus e cristãos, também chamado Nobre Santuário pelos muçulmanos, é um lugar sagrado para judeus, cristãos e muçulmanos, sendo também um dos locais mais disputados do mundo.

  • Nazaré

Para quem vai ficar mais dias por Israel, a dica é um pouco além de Tel Aviv e Jerusalém. Nazaré é a cidade sagrada dos cristãos por ter sido o local de nascimento de Maria e também onde Jesus viveu na sua infância.

A cidade é cheia de ruas e vielas encantadoras, por onde você pode passear e perder algumas horas se encantando.

Nazaré

Nazaré é a capital e maior cidade do distrito Norte de Israel. Também funciona como uma capital árabe para os cidadãos árabes de Israel que constituem a vasta maioria da população local.

Vida noturna

Balada-em-israelA cidade de Tel Aviv tem uma grande concentração de jovens e, como não poderia ser diferente, tem uma vida noturna agitada, que é considerada uma das melhores do mundo.

Por lá, você pode curtir excelentes restaurantes e bares, além de baladas incríveis, como o famoso clube subterrâneo que é mundialmente famoso, o The Block.

Então, pode ter certeza que não faltam lugares para quem quer se divertir depois que o sol se põe!

Dicas

Para muitos, Israel é o destino dos sonhos, sendo um dos destinos religiosos mais visitados do mundo todo.

No entanto, antes de embarcar nessa aventura, nada melhor do que contar com algumas dicas incríveis para aproveitar ao máximo a sua estadia por lá, veja:

  • Vistos

Brasileiros não precisam de visto para entrar em Israel, mas devem estar portando passaporte com validade mínima de 6 meses.

No entanto, é importante ressaltar que se você pretende visitar a Síria, Líbado, Iraque, Arábia Saudita ou Iêmen, não pode fazer isso tendo um carimbo de Israel no passaporte, visto que se consideram inimigos.

  • Alugando carro

Para quem pretende alugar um carro, pode ficar bem tranquilo porque dirigir por lá é bastante fácil. Sendo que essa é uma boa opção para quem quer fazer bate-volta em outras cidades.

  • Segurança

Sem dúvida, quem vai viajar para Israel sempre fica preocupado com a questão da segurança e isso é normal, embora desnecessário.

Isso porque Israel é considerado um país seguro, sendo até considerado como a Noruega do Oriente Médio.

O fato é que andando por lá, certamente você verá soldados armados nas ruas, mas não precisa se intimidar não, o Exército Israelense é um dos mais bem treinados do mundo.

  • Idioma

A língua falada em Israel é o árabe e o hebraico. No entanto, isso não deve ser motivo de muita preocupação, visto que não é difícil se comunicar em inglês mesmo.

Transportes

O transporte público de Israel é bom e é um dos meios de deslocamento preferido pelos israelenses, justamente por causa de questões econômicas, de trânsito e outras.

Isso porque estacionar em Tel Aviv, por exemplo, pode ser bastante complicado.

Para quem vai escolher o ônibus, a dica é fazer o cartão que pode ser usado para todas as integrações, bem como usar o app Moovit para conhecer horários das linhas, trajetos e outros detalhes.

O trem também funciona muito bem por lá para quem quer se deslocar entre cidades, além de ser integrado de ponta a ponta do país.

Fotos

Agora que já falamos bastante sobre o incrível país de Israel, veja algumas fotos desse destino encantador:

Praias

Praias-em-IsraelPossivelmente você nem imaginava, mas a verdade é que Israel também é um destino de praias, embora seja muito mais conhecido como um destino religioso e histórico.

No entanto, veja 3 praias que você não pode deixar de conhecer quando for lá:

  • Gordon Beach – Tel Aviv

Essa é a maior praia de Tel Aviv, com uma faixa de areia de cores vibrantes, muitos restaurantes na orla e também bares.

  • Ein Bokek – Mar Morto

Visitar esse lugar é uma experiencia única que, além da flutuação, ainda tem um clima indescritível, excelente para um dia na praia.

  • Dolphin Reef Beach – Eliat

Considerada como a Riviera Israelense, essa praia é banhada pelo Mar Vermelho e pode ser pondo de observação e interação com golfinhos

Pronto, agora já conhecemos um pouco mais sobre Israel e pudemos entender melhor como esse destino pode ser verdadeiramente surpreendente!

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply