Bolivia Melhores Pontos Turísticos

Salar de Yuni

Salar de Yuni

Para quem não sabe, a Bolívia é um dos países da América do Sul fazendo fronteira com o Peru, Paraguai, Argentina, Chile e claro, com o Brasil. A economia desse país é bem pouco desenvolvida, sendo ainda muito baseada na agricultura, pecuária e mineração.

A Bolívia é um país considerado economicamente pobre se comparado com outros países integrantes da América do Sul. No entanto, isso não significa que ela seja um país menos atraente para se visitar, afinal, sua cultura é muito rica.

Por lá, o idioma falado é o espanhol, mas também é possível encontrar os idiomas quíchua e aimará, que também são utilizados pela população.

O nome do país foi dado em homenagem ao militar Simon Bolívar e lá é possível encontrar uma cultura muito variada com danças, pinturas, folclore, trajes muito coloridos e festas.

Já em relação à culinária, o país possui uma grande variedade de alimentos, mas os pratos variam bastante de acordo com a região, assim como acontece no Brasil.

No entanto, na região do vale central podemos encontrar uma culinária rica em milho, batata, verduras e também carne bovina. Já na região oriental predominam o queijo, batata, milho, pimenta e carnes vermelhas.

Todos esses pratos são muito ricos de sabores e temperos, inclusive as sopas que são muito apreciadas por lá.

Os pratos da Bolívia são bem variados e possuem influência de países espanhóis e africanos.

Então, se você está interessado e quer saber um pouco mais sobre esse assunto, continue lendo e descubra um pouco mais sobre a Bolívia. Vamos lá?!

Quando ir

Quando viajar para BoliviaO clima na Bolívia pode apresentar muitas variações drásticas de acordo com a região. Embora todo o território esteja em um território tropical, o clima pode sofrer influência das diferentes altitudes e precipitação.

Por isso, a melhor época para ir para a Bolívia vai depender da região que você está pensando em visitar.

Em La Paz, por exemplo, a média da temperatura anual é de 8°C, visto que a cidade fica a 3697 m de altitude. Á na cidade de Trinidad, que é bem mais baixa, a temperatura média é de 26°C.

Entre os meses de novembro e março é o verão nesse país e o clima tende a ficar mais quente e úmido. Já ao contrário, de abril a outubro poderemos encontrar dias mais secos e frios.

No entanto, a verdade é que o país pode ser visitado o ano inteiro, no entanto, a época mais seca tende a ser mais agradável, visto que a chuva e a umidade podem ser mais complicadas de se lidar.

Mesmo assim, a dica é pesquisas mais especificamente o clima do seu destino, visto que a altitude pode mudar a situação drasticamente.

Como chegar

Como-chegar-na-BoliviaA Bolívia é um país lindo que oferece uma série de destinos com atrações naturais, como é o caso do Salar de Uyuni. As opções para ir do Brasil até lá são variadas, veja:

  1. Como chegar na Bolívia de avião:

Sem dúvidas essa é uma das opções mais obvias e confortáveis para ir até a Bolívia. No entanto, pode ser também a opção mais cara, embora não seja necessariamente um preço tão absurdo.

No entanto, uma boa alternativa pode ser procurar as passagens com antecedência, sendo possível encontrar bons preços.

De Guarulhos, por exemplo, há voos para Santa Cruz de la Sierra e La Paz, que podem ser utilizados inclusive para quem vai ao Salar de Uyuni.

  1. Como chegar na Bolívia de ônibus

Se a ideia é fazer um mochilão mais econômico, a dica é ir de ônibus mesmo. A saída mais comum é por Corumbá, no Mato Grosso do Sul.

Uma opção é ir de avião até Campo grande e depois pegar o ônibus lá, que tende a ser mais acessível.

  1. De Corumbá para a Bolívia

Chegando até a rodoviária de Combumbá é preciso realizar o seu deslocamento para chegar até a fronteira entre Brasil e Bolívia. Para isso, é possível pegar um taxi ou um mototáxi, pois o destino é perto. Isso vai depender também da quantidade de bagagens que você terá.

O que fazer

Danças folclóricas na Bolivia

Danças folclóricas na Bolivia

Para quem não sabe, a Bolívia é um país grande, com muita variedade cultural e que oferece uma grande variedade de atrações. Então, vamos descobrir o que fazer na Bolívia:

  1. Forte de Samaipata

Esse é considerado o maior petróglifo do mundo. A pedra mede 250 metros de comprimento por 60 metros de largura e se localiza no alto de uma colina de mais de 1.950m de altitude.

A área fica no Parque Nacional Amboró na Bolívia e serve como um centro cerimonial e também para ponto de observação astronômica. O local é tombado como Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO.Forte de samaipata

  1. Tiwanaku

Tiwanaku é o nome de uma civilização que foi muito importante para a cultura pré-incaica. A cidade é construída às margens do lago Titicaca e conta com um sítio arqueológico que é tombado como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.Ruínas de Tiwanaku

  1. Copacabana, Ilhas do Sol e da Lua e o Lago Titicaca

Esse é o lago navegável mais alto do mundo, sendo considerado um dos pontos mais bonitos do país. Lá existem ilhas e diversos pontos atrativos.Copacabana, Ilhas do Sol e da Lua e o Lago Titicaca

  1. La Paz

A maioria dos turistas chega à Bolívia pela planície El Alto, de onde se pode avistar o cânion profundo onde fica a cidade boliviana e o nevado Illimani.

A paisagem é linda, mas o trânsito pode ser um problema, assim como o soroche, causado pela altitude.

Mais do que isso, ainda é possível conhecer o Parque Nacional do Torotoro, fazer downhill na Estrada da Morte em Coroico, conhecer a Laguna Glaciar, um Tour pelos Vulcões e lagunas da província de Sud Lípez e claro, o Salar de Uyuni, que atrai muitos visitantes o ano inteiro.

teleferico Bolivariano em La Paz

teleférico Bolivariano em La Paz

Onde ficar

Como já foi dito, a Bolívia é um país grande e cheio de destinos. No entanto, a escolha do lugar para ficar vai depender do tipo de viagem que você deseja.

Isso porque você pode optar por ficar desde hotéis de luxo até hosteis mais econômicos. Então, veja algumas ideias de onde ficar na cidade de La Paz.

Todo mundo sabe que uma boa dica é conhecer bem o bairro onde vai ficar, afinal, muitas vezes a acomodação é boa, mas fica em um local mais perigoso.

Dentre os principais bairros mais indicados para que os turistas fiquem são os seguintes: Centro, El Rosário e Belén, Sopocachi, Calcoto e San Miguel.

O que comerComida-tipica-da-Bolivia

Para quem não abre mão de conhecer a culinária local quando viaja, nada melhor do que já saber o que esperar de um destino, veja:

  • Empanadas: muito conhecidas na América do Sul, elas são assadas e podem ter recheios variados.
  • Charque: esse lanche é vendido normalmente por ambulantes, até dentro do transporte público. Trata-se de carne seca, desidratada e curtida no sal.
  • Pique Macho: esse prato efeito com carne bovina, molho, ovo cozido e locoto, que é uma pimenta típica andina.
  • Tarwi: esse é um grão semelhante ao feijão branco que pode ser cru ou cozido e é vendido nas ruas. O gosto lembra um pouco o do amendoim, mas é um pouco mais macio.
  • Cerdo a la plancha: esse bife de lombo grelhado vem acompanhado com um purê de batatas e é muito saboroso.
  • Sopa de verduras: uma entrada encontrada em quase todos os locais é a sopa de verduras.

Bolívia – Pontos Turisticos

Vulcão Acotango

Acotango é um vulcão da Cordilheira dos Andes localizado na fronteira entre Bolívia e Chile

Um país enorme e de grande variedade, a Bolívia oferece pontos turísticos para todos os gostos, veja só:

  1. Salar de Uyuni: próximo da Cordilheira dos Andes, essa é a maior planície de sal do mundo.
  2. Laguna Colorado: esse é considerado um dos mais exuberantes destinos da América do Sul, bastante visitado por turistas.
  3. Laguna verde: esse lugar oferece uma paisagem muito surpreendente com uma água de cor verde esmeralda, que fica na Reserva Eduardo Abaroa.
  4. Praça Murillo: essa praça fica em La Paz, cercada de prédios históricos e monumentos.
  5. Mirante Killi Killi: esse mirante fica em La Paz e oferece uma vista incrível da cidade, além de um belo entorno com montanhas.
  6. Calle Sagarnaga: essa é uma rua muito famosa de La Paz e abriga muitas barraquinhas e construções coloridas, além de uma grande variedade de comidas, lembrancinhas, artesanato, ervas aromáticas, especiarias e muito mais.
  7. Lago Titicaca: esse lago fica na região dos Andes, na fronteira com o Peru, sendo um ótimo ponto turístico.

Vida noturna

Vida Noturna na BolíviaA cidade de La Paz conta com uma vida noturna muito ativa. Por lá, o bairro mais badalado é o Sopocachi, que oferece opções de pubs, bares, cafés, restaurantes e baladas.

Em Casco Viejo a música tradicional ao vivo está garantida, que fica na zona central da cidade.

Então, a dica é pesquisar bem qual será o seu destino e então ver quais são as opções de locais. No entanto, pode ter certeza que não vão faltar opções para quem quer sair à noite.

Dicas

Quando vamos conhecer um país diferente, nada melhor do que conhecer algumas dicas de como proceder para evitar problemas e ter uma melhor experiencia. Então, veja algumas dicas importantes para viajar para a Bolívia:

  • O clima de Gran Chaco: essa área tem fronteira com o Paraguai, Argentina e um pedaço do Brasil. O clima é semiárido e chove somente entre os meses de Dezembro e Março, portanto preste atenção quando for viajar para essa região.
  • A febre amarela: ao viajantes brasileiros devem tomar a vacina da febre amarela antes de ir para a Bolívia a fim de evitar um surto da doença no país.
  • Contaminação das águas: o saneamento básico do país é um tanto precário. Por isso, tomar água ou sucos pode desencadear problemas gastrointestinais ou dores de cabeça.
  • O soroche: esse problema é causado pela altitude e pode levar a dores de cabeça, cansaço excessivo, taquicardia e até morte em casos mais extremos.
  • A comida é forte: por lá, tudo é muito temperado e os sabores e aromas são mais intensos. Portanto, quem tem estomago fraco deve evitar comidas de rua e de mercados populares.
  • Documentos: para ir à Bolívia não é preciso ter passaporte e nem tirar o visto. Apenas o documento de identidade já é suficiente.
  • Seguro viagem: a Bolívia é um país com muitas diferenças do nosso Brasil, portanto, fazer o seguro viagem pode ser uma excelente alternativa para evitar dores de cabeça.

Fotos

Para entender um pouco melhor sobre a cultura, a diversidade, os pratos e o clima de um local, nada melhor do que ver algumas imagens:

PraiasNavagio Beach

Muita gente nem imagina, mas a Bolívia também é um interessante destino de praias, com destinos muito exuberantes. Conheça algumas das praias que o país oferece:

  • Ixiamas
  • Cobija
  • San Jose de Chiquitos
  • Concepcion
  • Colchani
  • Sajama National Park
  • Vallegrande
  • Puerto Suarez
  • Villa Tunari
  • Reyes

O fato é que a Bolívia é um destino encantador, cheio de cultura e história, com opções de diversão e destino para todos os gostos.

Então, não perca essas dicas e monte agora mesmo o seu roteiro para conhecer a Bolívia e tudo que a cidade pode oferecer. Boa viagem!

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply