Toronto CityPass vale a pena?

Toronto CityPass vale a pena

O Toronto CityPass é um combo de ingressos que te permite visitar as principais atrações da cidade por um preço menor. O voucher adulto custo $73 dólares + taxas e o infantil está $ 50 dólares + taxas.

Veja quais são as atrações inclusas no combo:

CN Tower – O símbolo ícone de Toronto

Para você que gosta de ver cidades lá do alto, a CN Tower é a atração ideal para você, além de ser o ponto turístico mais conhecido da cidade. A terceira maior torre do mundo tem mais de 550 metros de altura, o equivalente a 147 andares.

CN Tower – O símbolo ícone de Toronto

Através dos mirantes, é possível observar toda a cidade de Toronto. Algumas pessoas dizem que nos dias mais claros, é possível ver as Cataratas do Niágara, que ficam a mais de 100 km de distância.

Entre outras atividades oferecidas no espaço, estão o Observation Deck e o SkyPod.

O Observation Deck fica a 342 metros de altura e tem quatros áreas diferentes: uma área de mirante fechada com vidros, outra área aberta totalmente cercada para proteger visitantes, um restaurante giratório com uma ótima vista (360 Restaurant) e uma área com chão de vidro, que te permite ver a cidade debaixo dos seus pés.

Já o SkyPod é o mirante mais alto e sua visão de alcance passa os 150 km de distância. Embora não tenha chão de vidro e nem um restaurante giratório, você vai ter uma visão bem mais ampla do que as pessoas que estão no Observation Deck.

Casa Loma – Um castelo no meio de Toronto

A Casa Loma é a segunda atração mais conhecida da cidade, atrás apenas da CN Tower. No bairro de mesmo nome, um dos mais sofisticados de Toronto, fica uma das construções mais lindas da cidade: um castelo de arquitetura neorromânica.

Casa Loma – Um castelo no meio de Toronto

Diferente dos castelos europeus, este nunca chegou a ser habitado por nenhum membro da realeza. Sua construção teve início no ano de 1911. O Objetivo era construir uma bela residência para Sir Henry Mill Pelatt, um dos homens mais ricos da época.

Entretanto, as obras tiveram que ser interrompidas por causa da Primeira Guerra Mundial. Sir Henry acabou indo a falência e precisou leiloar a casa e outros de seus bens.

Atualmente, diversos eventos acontecem dentro do castelo, que virou um museu. A mobília e outros objetos no interior do museu são originais, além do lugar conter obras de arte de diversas partes do mundo.

O castelo possui quase 100 quartos e 40 banheiros, sendo a maior residência de todo o país. A casa também tem um elevador, passagens secretas dentro do escritório de Pelatt, um túnel subterrâneo e um lindo jardim na parte de fora.

Ripley’s Aquarium of Canada – A sensação de estar mergulhando em alto mar

O Ripley’s Aquarium é o maior aquário do país. Está localizado ao lado da CN Tower (você pode visitar as duas atrações indo até a estação de metrô Union). O aquário foi inaugurado em 2013 e abre todos os dias do ano.

É um ótimo passeio para quem gosta de apreciar a vida marinha e aprender sobre novas espécies de animais. Há mais de 16 mil animais marinhos de diversos lugares do mundo.

Os principais objetivos do Ripley’s são promover a educação e conscientização sobre a vida marinha e preservação do meio ambiente. Aquário e zoológicos são estabelecimentos muito criticados em diversos países, pois as espécies presentes nesses lugares são mantidas em cativeiros. Porém, o aquário de Toronto é conhecido pelo seu trabalho ambiental.

O maior destaque da atração é a Lagoa Perigosa, que recebe esse nome por causa dos tubarões que estão ali presentes. Além de peixes e tubarões, você vai ver diversas tartarugas marinhas, polvos, água-viva, caranguejos, cavalos-marinhos e lagostas.

O espaço também conta com áreas de lazer para crianças.

 

Royal Ontario Museum – Um mini Metropolitan Museum

O Royal Ontario Museum, conhecido como ROM é maior museu de história natural do Canadá. Há mais de seis milhões de peças e 40 galerias no local, que foi aberto no ano de 1914.

Royal Ontario Museum

Devido ao tamanho do museu, é necessário mais de um dia para conhecer toda a sua estrutura. O local oferece uma verdadeira aula de história a todos os seus visitantes, que ficam admirados com as réplicas de dinossauros e vitrines de animais que se movem (parece até que é de verdade).

Você também vai poder ver exposições sobre outros países, como a galeria chinesa, africana, romana, múmias egípcias e muita biodiversidade.

Além do edifício original que abriu há mais de um século, existe outro projeto que faz parte do local: O Michael Lee-Chin Crystal, que abriu no ano de 2007. Há cinco andares principais no museu, que contam com exposições permanentes e temporárias.

A variedade das galerias e temas agrada todos os turistas. Existe inclusive, algumas áreas do museu que oferecem atividades educativas para crianças.

Toronto Zoo – Bicho de tudo quanto é jeito e região do mundo

O zoológico de Toronto é um passeio excelente para pais com crianças pequenas, pois é possível ver animais de todas as partes do mundo. O local está na zona leste da cidade (bem longe da parte central) e o ideal é reservar pelo menos uma parte do dia para conhecer todo o zoológico.

 O local que abriga mais de 5000 animais de diferentes espécies, é o maior zoológico do Canadá: mais de um milhão de pessoas resolvem dar uma volta por lá todos os anos.

A atração é dividida em sete áreas: Indo-Malaya, Américas, África, Canadá, Eurásia, Australásia e Tunda Trek. Cada uma dessas partes descreve o habitat natural dos animais que moram no Toronto Zoo.

Muitos dos bichinhos que você vai ver no Zoo, foram resgatados e conseguiram se recuperar com a ajuda de funcionários especializados em tratamento de animais.

Vocês vai conhecer bichos de todas as partes do mundo, mas os que mais se destacam são o urso panda, uma família de gorilas e alguns pinguins.

O ideal é visitar o Zoo no verão, pois grande parte da estrutura é aberta. Além disso, há um pequeno parque aquático para crianças. Mas a vantagem de ir no inverno é o fato de não precisar enfrentar filas.

Adquirira aqui o Toronto City Pass

Deixe uma resposta