Camboja Turismo e Pontos de maior Interesse

cidade-historica-do-cambojaCamboja cada vez mais torna-se um destino desejado para turistas do mundo inteiro. Misturando beleza natural, antiguidade e um povo hospitaleiro, Camboja pode ser uma excelente opção para uma viagem futura. Muitos turistas unem a visita ao Camboja com passadas por Vietnã, Laos, Tailândia e ou Bangcoc.

Pela extensão do país, é possível visitar várias cidades, fazendo os percursos por ônibus.

O que fazer no Camboja

Camboja possui uma população muito solícita e de fé budista. Falam o melhor inglês do sudeste asiático, o que facilita as coisas. Com lindas paisagens naturais, história milenar e turismo de guerra (relatando as atrocidades do período ditatorial do Khmer Rouge), o pequeno país tem muito a oferecer para uma viagem exótica.

  • Phnon Penh

Phnon Penh cidade mais populosa e o principal centro financeiro, corporativo, econômico e político do Camboja

Phnon Penh

Essa é a capital do Camboja, recheada de belíssimos templos, arborizada e com um palácio real. A cidade é muito bonita e com muitas opções culturais que valem conhecer. Plae Pakaa é um show de dança que não existe em nenhum outro lugar do mundo.

Outro ponto interessante é o Wat Phnom fica no topo de da única colina da cidade, um templo que só pode ser alcançado por suas imensa escadaria. Uma subida de cerca de 27 metros. Uma belíssima vista, cercada por um parque cheia de bancos para que possa descansar.

Há um mercado central, com arquitetura art decó e produtos típicos do país. Seu formato lembra de uma aranha, atrai muitos turistas e locais. Repleta de corredores e é capaz de encontrar de tudo por ali!

Ao se hospedar proximo ao Palácio Real, é possível realizar praticamente todas as atrações a pé. A cidade de modo geral, apesar de ser uma capital, é mais tranquila do que Siam Reap.

  • Praias de Sihanouk Ville

Sihanoukville, também conhecida como Kampong Som é uma cidade do Cambodja

Praias de Sihanouk Ville

Esse é de longe o ponto mais visitado por turistas de todas as idades no Camboja. As praias são belíssimas de cores claras, com lindo por de sol. A noite é agitada, com muitas opções de bares e festas. A maior parte dos bares ficam em Serendipity Beach. Há muitas opções de hospedagem, variando desde albergues mais simples, festeiros ou resorts luxuosos.

Todos se locomovem com Tuk Tuk por aqui (aquelas motos adaptadas para levar 2 a 3 passageiros). Sihanouk é o ponto de partida para todos que desejam ir a ilha de Koh Rong.

  • Ilha de Koh Rong

    Koh Rong é a segunda maior ilha do Camboja

    Ilha de Koh Rong

Rústica e de praias belíssimas. Famosa por plâncton que brilha a noite. As praias de Koh Rong são a definição de paraíso na terra. A escassa energia elétrica disponível na ilha é oriunda de pequenos geradores elétricos, que costumam acender apenas poucas tomadas e lâmpadas. Muitos passeios de ecoturismo estão disponível, mas espere uma estrutura simples.

  • Cidade flutuante de Chong KhneasCidade-flutuante-de-Chong-Khneas

Ficam na cidade de Siem Reap, que também fazem acesso para os templos de Angkor Wat. A cidade flutuante lembra em parte nossas palafitas. É uma região humilde, mas com um estilo de vida curioso. A engenhosidade das moradias são a atração.

Muitos turistas se queixam a quantidade de pedintes. Para chegar aqui é preciso ir de Tuk Tuk até um porto e pegar um barco, que irá realizar o passeio entre o vilarejo. Crianças flutuando em bacias costumam abordar o barco para pedir dinheiro. É possível ver um lindo por do sol ao final da tarde.

Esse passeio costuma ser caro. Tudo que é oferecido ao seu arredor também costuma ser caro. A recomendação é de ir apenas se tiver tempo (e algum dinheiro) sobrando.

  • Templos de Angkor Wat

    Angkor Wat é um templo situado 5,5 km a norte da cidade de Siem Reap, na província homônima do Camboja

    Templos de Angkor Wat

Um dos mais impressionantes templos do mundo. Aqui a natureza e a arquitetura do templo parecem se misturar e criar uma atmosfera única.

Mais do que o templo, Angkor Wat abriga toda uma antiga cidade preservada, com cerca de 400 km 2 de construções e ruínas. Fica cerca de 350 km de Phnon Pehn.

Para chegar em Angkor Wat de Siem Reap, é possível pegar um tuk tuk. A distância é cerca de 8 km. Paga-se um ingresso de poucos dólares para acessar o templo. Silêncio e roupas adequadas são necessárias, pois o local ainda é um ponto de adoração para a fé da região.

Sua construção se iniciou no século IX pelo império Khmer. Alguns visitantes compram ingressos e retornam para visitar vários dias, devido o tamanho de sua extensão e riqueza natural.

Apesar de menor do que os demais países da região, Camboja abriga belezas muito incríveis que merecem ser visitadas.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply