Guatemala Pontos Turísticos

Antigua

Antígua é uma ilha no Mar do Caribe com 280 km² que faz parte da nação insular de Antígua e Barbuda.

Um destino ainda não muito desvendado pelos brasileiros, a Guatemala é um país verdadeiramente incrível, com muitas atrações culturais e belezas naturais para serem exploradas.

Para quem não sabe, a Guatemala fica na América Central e faz fronteiras com Belize, El Salvador Honduras e México.

O idioma falado por lá é o espanhol e o país conta com uma natureza de extrema beleza e muito abundante.

Apesar de seu passado obscuro, muito ligado ao narcotráfico, a Guatemala vem se tornando um destino cada vez mais querido por turistas, além de ser ponto de passagem para muitos mochileiros.

É justamente isso que faz com que muitos se perguntem se vale mesmo a pena conhecer esse país e é por isso que vamos falar um pouco mais sobre ele hoje.

Então, se você está considerando a Guatemala como uma opção de destino, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre o país. Vamos lá?!

Quando ir

Primeiramente, fique sabendo que o clima da Guatemala é tropical e subtropical, mas pode apresentar muitas variações em decorrência da altitude.

Nas áreas de montanhas, a altura fica entre 800 e 1600 acima do nível do mar e é justamente lá que se encontram os maiores centros populacionais do país.

Nessas localidades, o clima é mais temperado durante todo ano, com temperaturas que variam entre 12°C e 29°C.

A precipitação, ou seja, as chuvas, se concentram mais entre os meses de maio e outubro.

Já a época mais seca no país acontece entre os meses de novembro e abril.

Nas regiões de montanhas que ficam a mais de 2 mil metros de altitude, as temperaturas caem consideravelmente, ficando entre 5°C e 14°C, com bastante variações entre o dia e a noite.

Dessa forma, podemos dizer que a melhor época para ir conhecer e descobrir as belezas da Guatemala é justamente na estação seja, entre novembro e abril, pois será possível aproveitar melhor as atrações locais.

Como chegar

Sem dúvidas, a melhor forma de chegar até a Guatemala é de avião mesmo. No entanto, não existem voos diretos saindo de São Paulo para lá.

Dessa forma, já fique sabendo que todos os voos irão fazer uma parada em algum lugar da América Central mesmo ou dos Estados Unidos.

Para chegar até lá, é possível optar por diversas companhias aéreas, sendo que as mais ativas são do Grupo Taca, Copa Airlines, Tikal Jets, Continental Airlines e outros.

O aeroporto internacional fica na Cidade da Guatemala e se chama La Aurora Internacional Airport.

[affcoups id=”522″]

O que fazer

A Guatemala é um país incrível que pode oferecer desde vulcões até praias paradisíacas. Portando, o que não falta é o que fazer lá.

O grande destaque do país vai para suas belezas naturais, que são verdadeiramente exuberantes.

Portanto, uma ótima dica de atividade que você pode fazer por lá são as trilhas que vão até os vulcões, bem como outras opções de trekkings que são sensacionais.

Uma outra excelente opção e fazer um tour por uma das plantações de café do local, bem como uma visita ao Semuc Champey, que é considerado um verdadeiro paraíso.

Isso sem falar que você ainda pode tirar alguns dias para relaxar nas vilas que ficam ao redor do Lago Atitlán.

Fique sabendo que não é nada incomum encontrar com Brasileiros que vão passar 1 ou 2 meses no país, para explorar todas suas belezas enquanto fazem um curso de espanhol ou trabalho voluntário.

Onde ficar

A Cidade da Guatemala, capital do país, é dividida por zonas, somando mais de 25 delas, como se fossem bairros.

A maioria dessas zonas não oferece nenhum grande atrativo para os viajantes, não sendo difícil escolher onde não ficar.

A zona 1, por exemplo, é aquela que tem o centro histórico da capital, ideal para quem quer se aprofundar na cultura local e conhecer sua história.

É nessa mesma zona que fica a Plaza de La Constitución, a Santa Iglesia Catedral Metropolitana e também o Palácio de la Cultura, sem falar em mercados populares.

Os prédios governamentais também ficam nessa mesma zona, incluindo a prefeitura e o Ministério das Finanças Públicas.

O local ainda oferece uma grande variedade de restaurantes que vão desde os mais baratos até os mais requintados, para todos os gostos.

Uma outra grande vantagem de ficar na Zona 1 é que tem muitos bares para se divertir e também é de onde partem a maioria dos ônibus para quem está viajando dessa forma.

O que comer

Comidas-tipicas

Comidas-tipicas

Com origem na cultura maia e colonização espanhola, a Guatemala tem uma gastronomia que se destaca pelo sabor e por ser um tanto mais complexa que a dos vizinhos.

O fato é que não existe nada melhor para conhecer um país e fazer uma verdadeira imersão do que provar seus pratos típicos.

Então, vamos conhecer alguns pratos típicos da Guatemala:

  • Fiambre

Esse prato nada mais é do que uma salada bem grande e bastante tradicional, feita especialmente em novembro para celebrar o Dia de todos os Santos e o Dia dos Mortos.

Ele leva carnes defumadas, especialmente de porco e pode ter até mais de 50 ingredientes, ainda com ovos, peixe, carnes, frios e legumes cozidos e crus.

  • Elote Loco

O milho loco é uma das comidas de rua mais comuns da Guatemala, embora o nome possa soar um tento improvável. Ele é preparado grelhando as espigas de milho e depois é acrescentada mostarda, ketchup, queijo e maionese, sendo servido ainda quente.

  • Tamales

Originário do México, mas com um toque local, esse prato é como uma pamonha, mas é cozido nas folhas de bananeira ao invés de palha do milho.

Além disso ela pode ser recheada com opções doces ou salgadas.

  • Pepián de frango

Esse prato é composto por um guisado picante é um dos principais pratos do país, podendo ser comumente servido com frango, embora carnes suínas e bovinas também sejam utilizadas.

Mais do que isso, os pratos ainda contêm frutas e legumes, sendo comum abóbora, pera, cenoura, milho, batata.

  • Pupusas

Esse é um prato excelente para os viajantes que estão com seu orçamento mais justinho. As tortilhas de milho mais grossinhas são recheadas com uma grande variedade de opções. Os mais comuns para os recheios são os grãos refogados, carne de porco ou queijo.

Normalmente uma porção de pupusas ainda vem com salsa e repolho, para que se mantenha mais fresca.

Mais do que isso, ainda podemos recomendar muitos outros pratos, tais como:

  • Tostadas de macarrão
  • Hilachas
  • Rellenitos
  • Bolo Tres leches

Pontos Turísticos

Antigua-guatema-cidade-colonial

Antigua é uma pequena cidade rodeada por vulcões no sul da Guatemala.

Como já falamos, a Guatemala é um país lindo e se destaca por suas belezas naturais, embora tenha muito mais que isso para oferecer. Então, se você está curioso a respeito desse destino um pouco improvável, veja a seguir alguns dos seus pontos turísticos:

  • Antígua e Pacaya
    Pecaya-Vulcao

    O Pacaya é um vulcão localizado em San Vicente Pacaya, Departamento de Escuintla a 50 km ao sul da capital Cidade da Guatemala

A Cidade da Guatemala é a mais antiga do país, mas isso não significa que ela deve estar, obrigatoriamente, no seu roteiro turístico, embora seja um ótimo ponto de partida. Especialmente porque os voos do Brasil chegam lá.

No entanto, a dica é que você vá conhecer Antigua, a primeira capital do país, também considerada a capital da América Central colonial.

O mais interessantes é que as condições da cidade estão muito bem preservadas no estilo espanhol, usando muitas cores.

Mais do que uma arquitetura típica e das ruinas de mosteiros, que foram destruídos por terremotos, que incentivaram a mudança da capital de lugar, a cidade ainda tem uma excelente infraestrutura para o turismo e um clima muito agradável.

Vale lembrar ainda de reservar um tempinho para conhecer o vulcão Pucaya, que fica cerca de 1 hora e 30 minutos de distância de Antigua.

  • Chichicastenango
    Chichicastenango

    Chichicastenango

Um dos maiores atrativos das Américas é justamente a riqueza dos povos cultural dos povos originários.

Quando o assunto é a Guatemala, essa riqueza vem especialmente da herança maia, que se mostra tanto no rosto como nos rituais que são praticados pelos locais, que tem a hospitalidade sempre como uma grande honra.

Se a ideia é explorar as diversidades étnicas, uma passadinha por esse povoado, certamente é tudo o que você precisa e ele fica em uma montanha, a mais de 2 mil metros de altitude.

Saindo da capital, é uma distância de 140 km subindo a cordilheira, mas certamente a viajem vale a pena.

  • Tikal
    Tikal

    Tikal é uma antiga cidadela maia nas florestas tropicais do norte do Guatemala.

Nessas cidade é possível conhecer as fascinantes ruínas de civilizações antigas, que é um impressionante monumento arquitetônico dos povos maias.

A cidade, que fica no Norte, a 500km da capital, a Cidade da Guatemala, oferece um imponente sítio arqueológico construído por volta de VI a.C. em meio a floresta tropical.

  • Lago Atitlán
    Lago-Atitlán

    O lago de Atitlán é um grande lago endorreico situado nas terras altas da Guatemala

a mais ou menos 4 horas de distância de Antigua, é possível encontrar uma das paisagens naturais mais reconhecidas do país.

Esse lago é o resultado de uma antiga erupção de vulcão, que criou uma cratera onde o lago fica, formando uma paisagem de tirar o fôlego.

Mais do que isso, existem diversos povoados que habitam os entornos do lago, ideal para “mergulhar” na cultura local.

  • Semuc Champey
    Semuc-Champey

    Semuc Champey é um monumento natural no departamento de Alta Verapaz, na Guatemala

Esse é um monumento natural, considerado um cartão postal do país e que fica também na região norte.

Para chegar até ele é preciso disposição, visto que o acesso não é tão simples e sai da Lanquín, uma cidade usada apenas como ponto de partida, por isso, sem muita comodidade.

No entanto, o esforço certamente vale a pena, afinal, são mais de 300 metros e quedas d’água, sobre patamares de rochas calcárias que formam belíssimas piscinas naturais de água verde esmeralda.

Vida noturna

Bares-na-guatemala

Bares-na-guatemala

A Guatemala oferece uma grande variedade de opções para quem quer se divertir na noite guatemalteca. Dentre eles, bares, restaurantes e até mesmo muitas baladas.

Além da capital, San Pedro de la Laguna também é bastante conhecida por sua vida noturna, com festas muito agitadas e vida noturna que atrai turistas do mundo inteiro.

DicasRepelente-para-mosquitos

Além de muitas belezas naturais, a Guatemala também esconde algumas peculiaridades, como acontece com todos países. Por isso, nada melhor do que contar com algumas dicas incríveis para aproveitar esse destino:

  • Leve repelente

Por ser um lugar com muita natureza, os mosquitos também estão muito presentes. Se você é sensível, não esqueça do repelente na hora de montar a sua necessaire.

  • Roupas leves

De uma forma geral, o clima da Guatemala tende a ser úmido e quente, portanto, roupas leves atendem bem as necessidades dos viajantes. No entanto, leve também um casaco, nem muito grosso, nem muito fino, para as noites mais frias ou também para as trilhas em altitude.

  • Roupa de banho

A Guatemala é um destino de praias, lagos, rios e cachoeiras, portanto, não esqueça de levar a roupa de banho para aproveitar tudo isso.

  • Visto

Os brasileiros não precisam de visto para entrar no país e recebem um visto de turista válido por 90 dias. No entanto, é imprescindível a apresentação de um passaporte válido.

  • Vacina

Para visitar esse país, os visitantes devem estar portando o Certificado Internacional de Vacinação Contra Febre Amarela.

  • Câmbio

Por lá, o comum é trocar dinheiro em bancos mesmo, mas também pode ser em casas de câmbio ou nos próprios hotéis das principais cidades.

No entanto, vale lembrar que, normalmente, são os bancos que oferecem as taxas melhores e mais confiáveis.

  • Moeda

A moeda de Guatemala é o Quetzal, mas quase todos os estabelecimentos comerciais aceitam receber em dólares.

  • Segurança

Mantenha sempre seu dinheiro, cartões, documentos e outros em um local seguro. Tambéme vite usar joias de valor e seja discreto com os eletrônicos.

Fotos

Veja a seguir algumas fotos incríveis da Guatemala e suas belezas:

Praias

Como você já deve saber, a Guatemala também é um destino de praias, além das cachoeiras, lagos e rios.

Por lá, é possível aproveitar as praias banhadas pelo Mar do Caribe, que como todos sabe, dispensam apresentação.

Do outro lado, temos as praias do Pacífico, com areias pretas que atraem os turistas, dentre elas, podemos citar Las Lisas e Moterrico, que são de fácil acesso.

Pronto,a gora você já sabe tudo o que precisa para montar os eu roteiro de viagem pela Guatemala. Aproveite essas dicas e boa viagem!

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply