Kioto Turismo, o que fazer, onde ir, Culinária e Muitas Dicas

O-que-fazer-em-kioto-japão

Quioto é um destino incrível, que oferece uma grande variedade de atrações, cuja maioria consiste em santuários e templos. No entanto, como existem muitas coisas para serem vistas por lá, a dica é organizar bem o seu roteiro, a fim de conseguir fazer o máximo que seu tempo permitir.

O fato é que o Japão fica do outro lado do mundo e é por isso que sua cultura é tão diferente da nossa, podendo causar um certo choque inicial.

Por lá, a comida é diferente, o idioma é um verdadeiro enigma, a cultura é outra e até os carros andam em mão inglesa.

A boa notícia é que, apesar disso, é possível fazer tudo sozinho mesmo, sem a necessidade de contrata rum guia. No entanto, nesse caso, planejamento é a palavra de ordem.

Então, se você está interessado e quer saber um pouco mais sobre Quioto e o que esse destino pode oferecer, continue lendo e descura tudo o que você precisa saber. Vamos lá?!

Quando ir

 

Quando-ir-casal-jovem-com-mapa-em-verão

Essa cidade pode ser visitada a qualquer época do ano e tem suas estações bem marcadas, sendo que cada uma delas irá oferecer uma experiencia diferente.

A primavera é uma estação bastante esperada e celebrada pelos japoneses, sendo também o momento que a cidade recebe um grande fluxo de turistas. Isso acontece principalmente no período de florescimento das cerejeiras.

Nesse período, certamente você poderá encontrar as cidade mais floridas e também mais cheias.

O outono é outro período bem bonito na cidade de Quioto, quando as temperaturas não são tão frias e a paisagem também é belíssima, com as árvores mudando de cor.

No verão, que acontece entre os meses de junho e setembro, a média da temperatura é de 24°C e também é o período de férias escolares no hemisfério norte.

Por isso, é menos recomendado ir nessa época, visto que tudo fica mais cheio. Isso sem falar que esse também é o período de chuvas frequentes, embora a cidade fique bem animada.

Como chegar

Como-chegar-kioto-japão

Com mais de 17 mil quilômetros de distância entre as capitais do Brasil e do Japão, pode ter certeza que essa será uma viagem demorada.

O aeroporto de grande porte que fica mais próximo de Quioto é o de Osaka, chamado Kaisai International Airport, a 100 km do destino.

Outra opção é escolher um dos aeroportos de Tóquio, que são Haneda e Narita.

Saindo de Guarulhos, por exemplo, são muitas as companhias aéreas que operam voos até Osaka, são sendo difícil encontrar opções. Vale lembrar, porém, que não existem voos diretos por causa da distância e a conexão ocorre, normalmente, no país de origem da companhia escolhida.

Saindo do aeroporto de Osaka, você pode usar ônibus, trem, transportes compartilhados e até taxis para chegar até Quioto, sem problemas. De uma forma geral, o trem é a melhor opção, visto que é seguro, acessível e rápido.

Onde ficar

Onde-ficar

Escolher onde ficar em Quioto não é uma das missões mais simples, visto que, mesmo não sendo uma cidade enorme, ela também não é pequena. Por isso, a escolha do lugar pode possibilitar a realização de muitos passeios a pé mesmo.

Algo que deve ficar claro é que a hospedagem no país não costuma ser barata e os quartos são pequenos. Muitos hotéis ainda quarto no estilo oriental, com “cama no chão”. Por isso, é sempre bom ver fotos.

Uma ótima opção é ficar pelo centro de Quioto. Dessa forma, com uma pequena caminhada você pode chegar a uma grande variedade de bares, cafés, lojas, restaurantes e atrações.

Higashiyama também é uma ótima região, que fica do outro lado do Rio Kamo em relação ao centro. O lugar parece ter parado no século passado, com casas antigas, ruas pequenas, restaurantes bem tradicionais e belíssimos templos.

O que comer

Como Quioto fica no Japão, o que você poderá experimentar por lá é a tradicional culinária japonesa, que vai muito além dos Sushis que conhecemos. Então, vamos ver algumas dicas sobre o que comer em Quioto:

Sorvete-e-bolo-de-matcha

  • Takoyaki: bolinhos de polvo, feitos em tendas na rua, em uma chapa com formas arredondadas.
  • Melon Pan: em tradução, significa pão de melão, embora seja um tipo de melão que não existe no brasil. O prato é um pão doce com o leve gosto dessa fruta.
  • Guioza: embora seja típico da culinária chinesa, ele já é muito difundido no Japão. Consiste em uma massinha recheada com carnes e legumes, cozido no vapor e depois selado.
  • Sorvete e bolo de matcha: o chá verde é famoso nos países orientais e faz parte também da gastronomia.
  • Lámen: esse prato consiste em uma sopa de macarrão que tem alga, carne de porto, peixe ou frango, ovos, soja, cebolinha e outros.
  • Yakatori: esse prato consiste em um espetinho grelhado, normalmente acompanhado de molho tarê.

O que fazer em kioto japão

Quioto é uma cidade que tem muito para mostrar e não é tão pequena como muitos pensam. Dentre as principais atrações, podemos citar santuários, templos e palácios. Por isso, a dica é focar naqueles mais importantes mesmo, se não, há o risco de não conseguir ver tudo.

Então, vamos conhecer os principais pontos turísticos de Quioto:

  • Ginkaku-ji

O Templo do Pavilhão Prateado é uma das estruturas mais antigas da cidade, cujo início da construção aconteceu ainda em 1460 sob o mando de Ashikaga Yoshimasa com a intenção de criar um jardim para passar sua aposentadoria.

Ginkaku-ji

  • Chionin Temple

Esse tempo tem os maiores portais de madeira do Japão. O portão Sanmon possui 24 metros e altura por 50 de largura e mais de 70 mil telha em sua estrutura, construída por volta do ano de 1600.

Chionin-Temple

  • Yasaka Jinja

Conhecido como o Santuário de Guion, esse é um dos mais famosos santuários da cidade. O local foi feito há mais de 1350 anos e fica entre os distritos de Gion e Higashiyama.

Yasaka-Jinja

  • Maruyama Park

Esse é o parque mais antigo de Quioto, construído em 1886, sendo um dos mais belos para quem quer admirar a floração das cerejeiras, que ocorre na primeira metade de abril.

Maruyama-Park

  • Ninenzaka e San’nen-zaka

Esses são dois caminhos de 400 metros que levam até o templo Kiyomizu-dera. Assim como o templo, os caminhos também são considerados belíssimas atrações históricas de Quioto por causa das ruas e prédios de pedras.

Ninenzaka-e-San’nen-zaka

  • Guion

Também conhecido com o bairro das gueixas, Guion fica na margem leste do rio Kamo. Além de bares e baladas, o local ainda tem muita história, sendo ideal para se divertir e aprender.

Guion

  • Fushimi-Inari

Um típico santuário de Quioto, essa é uma das atrações mais visitadas da cidade. Logo na entrada, o imponente portão vermelho construído no estilo Tori já chama a atenção dos seus visitantes.

Fushimi-Inari

Vida noturna

Com tantas atrações para visitar durante o dia, alguns até se esquecem que Quioto tem uma animada vida noturna. A cidade não tem uma grande variedade de boates, mas oferece muitos espetáculos e bares para quem quer tomar uns sakês ou cerveja.

Gion é um dos melhores bairros para curtir a noite, com diversos restaurantes, casas de chá, bares e muitas gueixas, lembrando que o Miyako Odori tem um belo show de gueixas.

Pontocho é outro bairro de interesse para aproveitar a noite, especialmente o trecho entre as ruas Sanjo-Dori e Shijo-Dori, que têm uma infinidade de bares, restaurantes e casas noturnas.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre Quioto e tudo que essa cidade pode oferecer para seus turistas. Aproveite as informações e boa viagem!

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply