O que fazer na Holanda

O que fazer na Holanda

A Holanda é um dos destinos turísticos mais desejados pelos brasileiros. Esse pequeno país do continente europeu é repleto de cidades incríveis. Não importa se você quer curtir as noites agitadas de Amsterdã ou conhecer as pequenas vilas holandesas, com certeza você vai encontrar a atração perfeita!

Pontos turísticos

A maioria das pessoas só ouve falar de Amsterdã, mas há vários outros municípios que podem te surpreender. De fato, a capital do país é incrível: segura, cheia de jovens, rios limpos e bem cuidados. Mas como a Holanda é um país pequeno, dá para conhecer vários lugares em pouco tempo.

A Holanda também é chamada de Países Baixos.

Veja os melhores pontos turísticos nas principais cidades:

Amsterdã

A capital holandesa é repleta de canais, ciclovias e pequenas ruas. Mas existe muito mais para você conhecer.

Amsterdã

A Casa de Anne Frank

Durante o holocausto nazista, Anne Frank precisou viver escondida com sua família em uma casa, que hoje funciona como um museu. Eles conseguiram viver escondidos entre 1942 e 1944, até serem descobertos. Foram enviados para um campo de concentração e apenas o pai de Anne conseguiu sobreviver.

Na mesma rua do museu, existe uma estátua de Anne Frank. Dentro do local, é possível ver vários depoimentos e fotos referentes aos horrores praticados pelos nazistas.

Os visitantes podem conhecer o quarto da garota, no qual ela passou tanto tempo escrevendo sobre esse período tão difícil vivenciado por ela e sua família. Há vários trechos do diário de Anne Frank escritos na parede do cômodo.

Vondelpark

Há diversos parques na cidade, mas o Vondelpark é o mais conhecido de todos. A visita vale a pena em qualquer estação, mas caso você esteja viajando no verão, não deixe de conhece-lo.

Vondelpark

É um lugar ideal para andar de bicicleta e fazer piquenique com familiares ou amigos. Se você visitar o parque a noite, em um dia bem quente, pode até assistiu um show ao vivo ou uma obra de teatro ao ar livre.

Onde ficar em Amsterdã

 

Opçã barata:

Generator Amsterdam: um hostel que oferece Wi-Fi, bar e um espaço para jantar. Está localizado 2 km da Heineken Experience (uma das ótimas atração da cidade.

Opção cara:

Hotel Jakarta Amsterdã: o hotel oferece quartos luxuosos com um leve toque indonésio. Todos os quartos possuem varanda e uma bela vista do rio IJ. Excelente localização pois o Jakarta Amsterdã fica a pouco mais de um 1 km da estação central.

Rotterdam

Roterdam possui o maior aeroporto de todo o continente europeu e está cheia de construções modernas.

Rotterdam

The Cube Houses (As casas cubo)

As Casas Cubo pertencem a uma área residencial na qual pessoas vivem dentro de ‘cubos’ inclinados. A ideia do arquiteto que realizou a construção era otimizar o espaço interno da moradia.

Market Hall

O Market Hall é o maior mercado coberto de todo o país. Você vai encontrar diversos tipos de alimentos e bebidas, enquanto come um lanchinho para recuperar as energias e continuar a explorar a cidade.

Market Hall

Onde ficar em Rotterdam

Opção barata:

City Hub Rotterdam: um hotel localizado no centro da cidade a 170 m de uma estação. Os quartos oferecer uma vista bem legal da cidade, wi-Fi e uma sala de jantar.

Opção cara:

Stroom: Localizado no bairro Delfshaven, uma área cheia de bares, mercados e restaurantes. O Stroom fica bem perto da parada de bondinho Pieter de Hoochweg e oferece café da manhã, wi-fi e banheiro privativo.

Utrecht

Utrecht é uma das cidades mais antigas do país e assim como a capital, está rodeada de canais.

Utrecht

Passeio pelos canais

Se você for para Utrecht, não deixe de andar de barco nos belos canais do município. O canal mais antigo da Holanda, construído no século XII, está na cidade de Utrecht. Por isso o local é para obrigatória.

Torre Dom

A torre de 95 m é o ponto mais alto do município. Quando você subir lá no alto, vai ter uma vista incrível de Utrecht. O passeio também é acompanhado de um guia que conta a história do lugar.

Torre Dom

Onde ficar em Utrecht:

Opção barata:

Stone Hotel and Hostel: O Stone está a menos de 1 km da Torre Dom e da Neude (área com bares e pubs) e oferece acomodações bem simples, com preços econômicos. A localização é ideal para quem está sem carro e pretende fazer tudo a pé. No local, você encontra café da manhã, bar, restaurante e quarto para não fumantes.

Opção cara:

Park Plaza Utrecht: O Park Plaza está no centro histórico de Utrecht. Os quartos são espaçosos e confortáveis. A estrutura do hotel conta com uma academia e um lindo terraço.

O que comer

Há diversos pratos típicos nos países baixos que agradam todos os paladares. O mais conhecido de todos é o Stamppot. Basicamente, o prato é um purê de batata com outros legumes e vegetais. Normalmente é servido com uma salsicha defumada.

A sopa de ervilha também é outra comida bem tradicional. Nada muito diferente das sopas do Brasil, mas é uma boa opção para quem está com medo de provar alimentos diferentes ou quer um prato bem quentinho para comer no inverno.

Vida noturna

A cidade com a melhor vida noturna de todo o país obviamente é Amsterdã. Durante um passeio a noite pela capital, você vai ver vários bares, restaurantes e pubs abertos. Caso esteja passando pela cidade no verão, saiba que muitos eventos e festivais acontecem nos meses mais quentes.

Vida noturna

Os bairros mais animados são o Jordaan e Pijp.Se você é fã de cerveja, Amsterdã o lugar certo para você. A bebida está presente na maioria dos bares e casas noturnas da cidade.

Maconha na Holanda

A posse ou venda do cannabis é tolerada, porém, apenas em baixa quantidade. Menores da idade não podem consumir maconha.

Turistas estrangeiros conseguem comprar maconha nas Coffee Shops (a venda em qualquer outro lugar é considerada ilegal).Embora não seja permitido o consumo de maconha na rua, é possível ver pessoas fumando sem medo algum, principalmente em Amsterdã.

A legalização do cannabis é sem dúvida um dos motivos pelo qual o país é tão visitado.

Deixe uma resposta