Palácio da Pena Portugal em Sintra

Popularmente conhecido apenas como Palácio da Pena, o Palácio Nacional da Pena fica localizado na vila de Sintra, mais precisamente na freguesia de São Pedro de Penaferrim.

Sem dúvidas, essa é uma construção que representa as principais expressões do Romantismo na arquitetura do século XIX do mundo inteiro.

Isso porque ele foi o primeiro palácio construído nesse estilo em toda a Europa, tendo sido erguido cerca de 30 anos antes do famoso Castelo de Neuschwanstein, da Baviera.

Mais do que isso, ainda no ano de 2007, o Palácio da Pena foi eleito como sendo uma das Sete Maravilhas de Portugal.

Atualmente ele é aberto à visitação e é realmente deslumbrando em vários sentidos.

A primeira vez que fomos no palácio foi em Março de 2018, e estava um baita frio naquela ocasião, ventava muito também. Então não recomendo ir com condições climáticas ruins, a época até que era boa, pois estava bem vazio e pudemos visitar o Palácio numa boa.

Para visitar o Palácio com toda tranqulidade, o ideal mesmo é ir nesse período, que vai de fevereiro até maio depois de Outubro a Dezembro, e olhe sempre as condições climáticas, se estiver chovendo ou ventando não vale a pena, pois boa parte do Passeio você fará na parte externa do Palácio, pois seus Jardins são imensssossss!!!

Então, se você está mesmo interessado e quer saber um pouco mais sobre o Palácio da Pena, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Vamos lá?!

Uma breve História do Palácio

Mosteiro-da-Nossa-Senhora-da-PenaA história do Palácio da Pena se inicia ainda no Séc XVI quando Do Manuel avista do alto da serra de Sintra a chegada de nada mais nada menso que Vasco da Gama com sua frota de navios, o senhor Português chegava da descoberta do caminho das Índias.

A gente não tem muita noção dessa descoberta, mas para época isso foi um grande feito e abria muitas oportunidades de negócios e riquezas, era algo do tipo descobrir grandes campos de Petróleo em abundância em terras de fácil exploração, algo desse tipo.

Com essa descoberta Dom manuel I manda construir no alto daquela serra o Mosteiro Jeromitade Nossa Senhora da pena, o mosteiro sofre grandes abalos com o terremoto de 1755 e foi abandonado pelos Monges, só em 1839 ele acabou encantando a D. Fernando II.

Essa região de Sintra possui um certo encantamento, um romantismo que deixa os monarcas e grande milionários com certa paixão sobre este local. Ali alguns anos antes Lor Byron ficou encantado com o local, mas precisamente na Quinta de Monserrate que deu origem a um poema que ficou famoso na época.

Foi por isso e por outros motivos parecidos que ele decidiu comprar essa estrutura em ruínas para transformá-la em sua residência de verão.

A restauração dessa edificação foi feita sob a direção do Barão de Eschwege, que era um arquiteto alemão que trabalhava em Portugal com engenheiro.

O projeto criado para o Palácio tinha inspiração em algumas outras construções da Europa, especialmente os castelos da Baviera.

No entanto, a quantidade de riqueza de decoração e aplicação de detalhes, se deve ao gosto do monarca que era seu dono.

Assim, o Palácio da Pena tem uma personalidade que pode ser considerada eclética, mas também romântica, misturando arcos com torres medievais e detalhes árabes e góticos que conferem ao castelo uma estética única.

Com a morte de D. Fernando, o Palácio da pena ficou em posse de Elisa Hendler, Condessa de Edla, sua segunda esposa. Isso causou uma grande polêmica na época, visto que o local já era considerado um monumento local.

Foi justamente por isso que Elisa acabou concordando em assinar um acordo com o Estado de Portugal sobre uma proposta de compra. Assim, ela manteve para si apenas o aposento denominado Chalet da Condessa.

A partir de então, o Palácio da Pena é considerado um Patrimônio Nacional de valor inestimável.

Curiosidades do Palácio da Pena

Sem dúvidas, uma das maiores curiosidades a respeito do Palácio da Pena é que antes de se tornar essa construção incrível, o local era um mosteiro, que passou por maus momentos, virando ruína depois de passar por um terremoto e ser atingido por um raio.

No entanto, existem outras curiosidades sobre o palácio, que tornam a sua história ainda mais encantadora, veja:

  • Gruta do Monge

Era numa gruta, em meio à vegetação do parque que rodeia o palácio que os monges do mosteiro praticavam o recolhimento e silêncio.

Gruta-do-monge

  • O filho do príncipe alemão

D. Fernando Augusto Francisco António, que comprou o mosteiro, era fruto da união de um príncipe e uma princesa de Coburgo, na Alemanha. Ele viveu na corte real, teve uma belíssima educação e um grande talento artístico.

Dom-fernando-II

  • Inspiração para o projeto do castelo

Para que pudesse se inspirar para criar o projeto do Palácio da Pena, o arquiteto alemão Barão Von Eschwege teve que viajar. Isso porque D. Fernando queria uma residência de verão que tivesse traços manuelinos, medievais e mouriscos.

Ao apresentar o primeiro projeto, Fernando entendeu que não havia sido totalmente compreendido e propôs ao Barão que viajasse ao sul da Espanha, Itália, África e França em busca de inspiração.

  • As duas alas do Palácio da Pena

O Palácio é constituído por duas diferentes alas. Uma delas é a zona onde ficava o mosteiro, que é o local por onde a visita começa. Nessa área, as divisões são pequenas, mostrando uma maior proximidade familiar.

Já na área nova, os ambientes são maiores e mais formais, sendo o local onde Maria e Fernando recebiam as visitas.

  • Um mundo de descobertas

Ao entrar no Parque da Pena, local onde fica o Palácio da Pena, é possível conhecer e descobrir mais de 30 locais distintos. Por lá você terá belíssimos jardins, o vale dos lagos, a gruta dos monges, a capela e muito mais.

Preço dos Bilhetes

Uma dica bem importante é, sempre que possível, comprar seu ingresso para visitar os palácios de Sintra pela internet e com o Palácio da Pena não é diferente. Dessa forma, é possível economizar dinheiro e tempo.

O horário de visita ao parque é das 9h30 até as 22h, sendo que a última entrada é as 19h. Já os horários de visitas ao palácio é das 9h30 às 19h, endo que a última entrada é as 18h30.

Os preços variam um pouco, sendo que um bilhete adulto para visitar o Palácio e o Parque custa 14 euros. Já um bilhete jovem (idade entre 6 e 17 anos) ou idoso (maiores de 65 anos) custa 12,5 euros.

Existe ainda a opção de comprar um bilhete família, que garante o acesso de 2 adultos e 2 jovens e custa 49 euros.

Existe também a opção de visitar apenas o Parque da Pena, mas a dica é conhecer o Palácio da Pena junto, que é verdadeiramente surpreendente.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre o Palácio da Pena, sua história e como ele pode ser verdadeiramente encantador. Aproveite essas informações e bom passeio!

Video Especial sobre o Palácio da Pena

Aqui também tem um super vídeo que vai te levar diretamente para essa palácio Mágico. Este é um vídeo que fizemos com muito carinho, ainda no verão de Portugal e nós andamsos muiitttoo por lá.

Deu maior trabalhão fazer esse vídeo ai, mas valeu a Pena, deu um pequeno probleminha no áudio mas demos a volta e fizemos o vídeo mesmo assim. Não esqueça de dar um Likezão no vídeo e se inscrever por que isso ai é só um pequeno gesto que nos ajuda muitoooo!

 

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply