Suíça Pontos Turísticos

SuiçaNão existe a menor dúvida de que a Suíça é um país incrível, que pode ser um excelente destino de viagens para qualquer pessoa. Por lá é possível conhecer belíssimas passagens naturais, contar com muita eficiência e ainda muita comodidade.

Não existe a melhor dúvida de que o país se destaca entre os destinos que todo o viajante deveria conhecer e certamente, você não se arrependerá por escolhê-lo.

O fato é que não podemos negar que a Suíça é um país incrível mesmo para qualquer tipo de viajante e em qualquer época do ano. O mais importante é ir conhecer esse lugar incrível e se permitir ser encanta por seus detalhes.

Para quem não sabe, a suíça é uma república federal, que tem 26 estados, sendo a cidade de Berna a capital do país. Isso contraria o que muitos pensam: que a capital do país é Zurique.

A Suíça fica localizada na Europa Central e tem duas fronteiras com a França, Alemanha, Itália, Áustria e o principado de Liechtenstein.

É justamente isso que faz com que o país seja tão rico em cultura, arquitetura e linguagem.

Então, se você quer ir conhecer a Suíça e todos as suas belezas, continue lendo e descubra todos os detalhes importantes para montar o seu roteiro de viagens nesse país. Vamos lá?!

Quando ir

Muito diferente do que a maioria pensa, a Suíça não é um país que tem temperaturas extremamente baixas o ano inteiro. Ao contrário disso, é possível ver estações bem marcadas, que se apresentam até mesmo na paisagem local.

No inverno, todo fica bem branquinho e coberto pela neve, ao passo que na primavera o país é tomado pelas flores e que no verão é possível contar com temperaturas de até 30°C.

Sendo assim, a melhor data para que você vá até a Suíça, vai depender muito do que você deseja fazer por lá ou o que espera ver.

Fique sabendo que a primavera, que ocorre de março a maio, é uma ótima época para passeios nas montanhas, conhecer os spas e termas, ver o país todo colorido e florido e ainda curtir festivais que celebram o fim do inverno.

No verão, que ocorre de junho a setembro, você pode fazer atividades ao ar livre, trilhas, nadar nos lagos do país, praticar esportes radicais, participar de festivais de música e realizar roadtrips pelos alpes.

O outono, que acontece de setembro a novembro, é ideal para visitar museus, conhecer termas e spas, aproveitar a gastronomia local e seus vinhos, além de conseguir hotéis com preços mais acessíveis nas vilas dos alpes.

Por fim o inverno, que acontece de dezembro à março, é a melhor estação para a prática de esportes de neve, tais como esqui, trenó ou snowboarding.

Essa época também é ótima para conhecer as lindas vilas alpinas cobertas pela neve, visitar os mercados de natal, comer um delicioso fondue acompanhado de vinho e, claro, ver a neve cair pela primeira vez.

Como chegar

Partindo do Brasil, existem diversos voos que nos ligam com a Suíça diariamente, partindo da maioria das cidades do país, o que torna essa conexão bastante prática.

O principal aeroporto internacional do país fica em Zurique, que recebe todos os dias voos das maiores cidades do mundo e também da Europa. Outra cidade que recebe uma grande quantidade de voos do Brasil é Genebra.

Vale lembrar, no entanto, que, mesmo com muitos voos ligando o Brasil com Zurique ou Genebra, poucos deles são diretos, ou seja, é quase inevitável encarar uma escala em alguma cidade da Europa, mas isso dependerá da companhia aérea escolhida.

Partindo da cidade de São Paulo, temos a companhia aérea chamada Swiss Air, que vai para Zurique. Já do Rio de Janeiro, temos a companhia Eldeweiss, que faz dois voos semanais que são diretos.

Por outro lado, se você está partindo de alguma outra cidade da Europa, pode escolher opções de voos que vão para Berna, Basel, Zurique, Interlaken e Genebra.

O que fazer

De montanhas com picos nevados até campos de flores, de chocolates de alta qualidade até os melhore relógios do mundo, a Suíça é um país verdadeiramente incrível e cheio de encantos.

Além de lindos lugares ainda é possível disfrutar de alta gastronomia, cultura, moda, contato com a natureza, esportes e muito mais.

Então, vamos conhecer as principais cidades que você deve conhecer quando for para lá, veja:

  • Berna

Essa é a capital do país e ela ainda mantém suas principais características históricas. O centro é considerado como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Por lá, conheça museus como o de arte e o de história, bem como visite os principais pontos turísticos, como o Parlamento e a Catedral.

berna

Berna, capital da Suíça, foi construída em torno de uma curva do rio Aar. Fundada no século XII, a cidade conta com arquitetura medieval preservada na Altstadt (Cidade Velha).

  • Interlaken

Também conhecida como a capital da aventura, essa cidade oferece uma grande variedade de esportes que podem ser praticados ao ar livre, tais como salto de parapente, trilhas nas montanhas, galeria Jungfrau e muito mais.

Interlaken

Interlaken é um destino turístico tradicional na região montanhosa de Bernese Oberland, centro da Suíça

  • Lucerna

Rodeada de montanas e cortada por vários lagos, essa cidade encantadora é o lugar onde você pode fazer o incrível passeio no basco a valor. Estar nessa cidade é como sonhar, com seu ar romântico, arquitetura pitoresca e pontes decoradas de flores.

Lago-Lucerna

O Lago dos Quatro Cantões, também conhecido como Lago Lucerna, é um lago de tipo fiorde da Suíça central.

  • Zermatt

Essa cidade fica localizada aos pés de um dos mais famosos montes do mundo, o Monte Cervino, que fica no centro dos Alpes Suíços.

Além de ser uma das cidades mais visitadas do mundo para a prática de esqui, por lá é possível fazer também escaladas, trilhas, ciclismo e muito mais.

Zermatt

Zermatt, no cantão de Valais, no sul da Suíça, é uma cidade turística de montanha conhecida pela prática de esqui, escalada e trilhas.

  • Zurique

Essa cidade é bastante conhecida por sua agitada vida noturna, considerada bastante extravagante. Por lá, você terá a opção de conhecer mais de 100 galerias de arte, mais de 50 museus e muitas outras atrações imperdíveis.

Isso sem falar em muitos outros passeios possíveis para aprender mais sobre a história e a cultura locais.

Zurique

A cidade de Zurique, centro bancário e financeiro internacional, fica no extremo norte do lago Zurique, no norte da Suíça.

  • Genebra

Essa é a cidade conhecida como a Capital da Paz, visto que é a cede da ONU e também do Comitê internacional da Cruz Vermelha.

Ela é rodeada de Alpes, oferecendo uma belíssima vista do Mont Blanc, formando um cenário incrível.

Genebra

Genebra é uma cidade na Suíça que fica na parte sul do vasto Lago Léman (Lago de Genebra). Rodeada pelas montanhas dos Alpes e do Jura, a cidade tem vista para o impressionante Mont Blanc

  • São Moritz

Muito atrativa para os praticantes de esportes de inverno, essa cidade tem sol cerca de 300 dias do ano, sendo uma das pioneiras no turismo de inverno nos Alpes.

São-Moritz

St Moritz é uma estância alpina de luxo no vale Engadina, na Suíça. Recebeu os Jogos Olímpicos de Inverno por duas vezes e tem a Cresta Run, um percurso de trenó em gelo natural utilizado no campeonato mundial, e uma pista de gelo olímpica exterior.

  • Davos

Embora seja pequena, essa cidade oferece muito que fazer aos seus turistas, incluindo paisagens exuberantes, trilhas, montanhas e muito mais. Ela também é excelente para quem gosta de esquiar ou praticar outros esportes de inverno.

Davos

Davos é uma comuna da Suíça, no Cantão Grisões, com cerca de 11.166 habitantes.

Onde ficar

Como você já deve ter notado, a Suíça tem muitos destinos que podem ser altamente atrativos para os turistas. Por isso, o melhor lugar para se hospedar, vai depender também do seu objetivo de viagem.

Se você vai no verão e quer conhecer diversas cidades, a dica é ficar na capital mesmo. No entanto, se você está indo mais focado no objetivo de esquiar, a dica é ir para uma das cidades que oferece a estrutura necessária para a prática desse esporte.

No caso da capital, uma das melhores regiões para ficar é o centro de Berna. A cidade, embora seja pequena é apaixonante em cada detalhe.

O mais legal é que por lá você vai encontrar muitos restaurantes, bares e pubs, que deixam o local com uma agitada vida noturna.

Mais do que isso, a capital também é um importante centro universitário, o que a torna bem descolada e ativa, com muitas opções de atrações.

O que comer

Raclete

Raclete

A gastronomia da Suíça é bastante diversificada e até lembra um pouco a culinária brasileira em alguns pratos. Então, vamos saber o que você deve experimentar quando for à Suíça.

  • Fondue de queijo e chocolate

Sem dúvida esse é um dos pratos mais consumidos no inverno suíço e você vai poder encontrá-lo na maioria dos restaurantes por lá.

Na suíça, o fondue de queijo é comumente servido com batatas e pão. Já o de chocolate, é servido com frutas.

  • Geschnetzeltes mit Rösti

Também conhecido como batata rosti aqui no Brasil, esse prato tem a batata ralada e frita com temperos e recheio, formando uma espécie de bolinho bem gratinado.

Ele é tipicamente servido no café da manhã em certas regiões mas, dependendo do acompanhamento, pode ser também um prato de almoço ou jantar.

  • Raclete

Esse é um queijo aquecido que é servido pelo garçom, que bota no prato a parte derretida de uma grande peça de queijo. Normalmente ele é servido sobre batatas e vem acompanhado de frios.

  • Chocolate suíço

Sem dúvida o chocolate suíço tem uma fama que o precede e você não pode deixar de experimentar quando for lá. Mais do que isso, se engana quem acredita que chocolate suíço é só o Toblerone e o Lindt, pois lá a variedade é mesmo incrível.

Para quem ama chocolate, a dica é fazer um tour por diferentes chocolaterias para entender bem do que estamos falando.

Suiça Pontos Turísticos

Como já dissemos, a Suíça é um destino incrível com atração para todos os gostos de viajantes, possibilitando desde descanso em um spá, até aventuras por trilhas e montanhas.

Então, vamos conhecer os principais pontos turísticos da Suíça:

  • Lago Lucerna

Um dos principais cartões postais da cidade de Lucerna, esse lado é cercado de montanhas com vasta vegetação, o que cria um lindo cenário de beleza natural exuberante.

  • Ponte da Capela

Também em Lucerna, essa pitoresca ponte é uma atração simples, mas belíssima da cidade, datada do século XIV, sendo considerada a mais antiga da Europa.

  • Catedral St Pierre

Essa catedral é um importantíssimo símbolo histórico da Europa, muito recomendado para todos que adoram conhecer a história de um lugar. Seus alicerces foram construídos em cima de ruínas do império romano em uma belíssima construção datada do século XIII.

  • Centro histórico de Genebra

Não existe dúvidas de que “bater pernas” é uma da melhores formas de conhecer uma cidade. Por isso, nada melhor do que o museu á céu aberto no centro histórico de Genebra.

  • Castelo de Chillion

A apenas alguns quilômetros de Montreaux, esse é o castelo mais visitado da Europa e tem uma posição muito privilegiada, às margens do Lago Genebra.

  • Monte Pilatus

Com mais de 2070 metros de altitude, esse monte é acessado por uma ferrovia muito inclinada, passando por uma natureza incrível.

  • Matterhorn Glacier Paradise

Esse imponente mirante é uma parada obrigatória para quem vai à Suíça, graças à sua beleza, estando localizado na montanha mais fotografada so mundo.

  • Catedral de Notre Dame

Essa catedral foi construída por volta de 1170 na parte alta da cidade, no estilo gótico e sendo considerada um símbolo do país.

Dicas

A Suíça ainda é um país desconhecido para muitos. Por isso, nada melhor do que algumas dicas para ajudar a montar o seu roteiro de viagens para lá:

  • Idioma

Na Suíça existem 4 idiomas oficiais, sendo eles o francês, o alemão, o italiano e o reto-romano. No entanto, é possível que você consiga se virar por lá usando só o inglês mesmo, que praticamente todos falam.

  • Fuso horário

Na Suíça são 5 horas a mais do que no Brasil durante o horário de verão e 3 horas a mais durante o inverno, visto que ela segue o fuso horário de outros países europeus.

  • Moeda

A Suíça não integra a União Europeia, por isso a sua moeda é o franco suíço, cuja sigla é CHF. Essa moeda costuma valer um pouco menos que o Euro, sendo semelhante ao dólar.

Transportes

É inegável que o sistema de trens suíço é uma das melhores formas de se locomover por lá. Além de práticos eles são muito pontuais, eficientes e rápidos, com uma grande variedade de trajetos pelo país inteiro.

No entanto, uma boa dica é viajar um pouco de carro pela Suíça, para aproveitar muitos caminhos que são realmente lindos e ter a oportunidade de fazer um trajeto sem roteiros.

Fotos

Agora que já falamos bastante sobre a Suíça, que tal ver algumas fotos incríveis de todas essas belezas? Veja só:

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre a Suíça, seus destinos e com aproveitar bem os encantos que esse país oferece!

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply