Dupla cidadania, como obter a sua e ter acesso Livre a Europa e Outros Países

Passaporte-EuropeuSe você tem vontade de viajar ou morar em outro país, venha saber como é possível obter sua dupla cidadania de forma simples e segura.

Objeto de desejo de muitos que desejam viajar o mundo a fora sem grandes dificuldades, e, principalmente necessidade para aqueles que querem ganhar a vida em outro país legalmente.

Isto é, a dupla cidadania ou como é comumente chamada dupla-nacionalidade configura um status que consiste em um título para pessoas que possuem mais de uma nacionalidade ao mesmo tempo.

Vantagens e desvantagens do Passaporte Europeu

O passaporte europeu pode ser obtido posteriormente a comprovação de descendência europeia, e garante muitos benefícios para quem deseja estudar, trabalhar ou morar fora.

Ademais, significa também menos burocracias para os viajantes, dos quais tem entrada livre em muitos países, ou seja, sem a necessidade de visto com prazos determinados.

Contudo, esteja atento para os prós e contras de possuir a dupla cidadania. Existem algumas vantagens e desvantagens em relação ao passaporte europeu, como mencionaremos a seguir.

Vantagens:

  • Entrada livre para todos os países da união europeia
  • Maiores facilidades para seus descendentes
  • Trabalho dentro da lei
  • Estudar nas melhores universidades sem necessidade de pagar mais por isso
  • Morar nos países membros da União Europeia
  • Não precisa de visto para entrar em alguns países

Entrada livre para todos os países da união europeia

Paises-da-União-EuropeiaSem dúvida alguma, esse é um grande benefício, visto que ao possuir um passaporte europeu você poderá circular livremente por quase todos os países membros da União Europeia, de acordo com o Tratado de Shengen.

Maiores facilidades para seus descendentes

Ao solicitar um passaporte europeu você pode passar pela burocracia de comprovar sua descendência, porém, posteriormente sua futura geração terá mais facilidade, já que desse modo poderão comprovar a linha de descendência por você.

Trabalho dentro da lei

Com o passaporte europeu você pode trabalhar legalmente, sem precisar de vistos ou autorizações com prazos determinados, nem mesmo se preocupará em renovar o visto que expira. Desse modo é possível ter mais oportunidades de empregos assim como ganhar melhor.

Estudar nas melhores universidades sem necessidade de pagar mais por isso

Normalmente, estrangeiros pagam mais caros mensalidades mais caras do que os cidadãos do país, portanto, ao obter um passaporte europeu ou dupla cidadania você será reconhecido como cidadão, pagando menos pelos cursos, escolas e universidades.

Morar nos países membros da União Europeia

Como-obter-dupla-cidadaniaQuando o turista possui passaporte europeu é possível morar nos países europeus sem a necessidade de visto ou autorização para tal, sendo possível estudar, trabalhar e até mesmo investir no país do qual deseja residir.

Não precisa de visto para entrar em alguns países

O passaporte europeu concede uma maior liberdade, ou seja, muitos países não necessitam de visto para entrada, portanto, é uma forma de viajar pelo mundo mais facilmente.

Como resultado, a obtenção do passaporte europeu gera menos burocracia na hora de viajar e muitos benefícios para quem deseja morar fora possuindo o reconhecimento como cidadão de outro país.

Desvantagens:

  • Impostos
  • Votação Eleitoral
  • Serviço Militar
  • Seguir a legislação nacional do país

Em resumo, podemos dizer que as desvantagens negativas basicamente consistem em seguir a legislação de outro país, entretanto, isso não representa um grande problema, visto que muitas culturas europeias são similares ao do Brasil, basta conhecer bem o país e sua legislação, assim como andar na linha.

Portanto, na hora de solicitar o passaporte europeu é fundamental pesar na balança as vantagens e desvantagens afim de garantir o melhor para você e sua família.

O que habilita uma pessoa possuir passaporte Europeu?

Europa-e-Dupla-cidadaniaSobretudo, ter um passaporte europeu consiste em possuir reconhecimento como cidadão europeu, do qual normalmente pode ser por Jus Sanguinis- Direito de Sangue.

Ou seja, o passaporte europeu deve ser obtido por meio da comprovação da sua descendência europeia, em outras palavras, significa que se você tiver como comprovar a origem de seus ancestrais, poderá solicitar a dupla cidadania.

Assim, após conseguir a dupla cidadania terá a possibilidade de requisitar o passaporte europeu.

Cidadania Portuguesa

Normalmente, tem direito a cidadania portuguesa pessoas que sejam filhos, netos ou bisnetos de cidadãos portugueses.

Contudo, conforme as regras do país para obter dupla cidadania você deve comprovar por meio de documentos a sua ligação ou ascendência europeia.

Da qual varia conforme o seu grau de parentesco, assim como depende de quem ainda está vivo na família.

Cidadania Espanhola

Se tiver interesse em requisitar a cidadania espanhola, você deverá comprovar seu parentesco, como filho ou neto de um cidadão espanhol, caso seja bisneto, somente menores de 18 anos podem solicitar a múltipla nacionalidade.

Cidadania Italiana

Considerada como uma das cidadanias mais fáceis de ser obtida, a cidadania italiana aceita uma maior abrangência em relação ao grau de parentesco.

Desse modo, há uma maior liberdade em relação a descendência para solicitar a dupla cidadania.

Se a sua ligação por parentesco for paterna não existem limitações, entretanto, se sua ascendência é originada por relação materna, apenas nascidos a partir de 1948 poderão obter a dupla cidadania.

Quanto custa tirar Dupla Cidadania?

quanto-custa-ter-uma-dupla-cidadaniaOs valores são relativos, pois, em geral a emissão do passaporte europeu custa em média R$ 500,00.

Contudo antes disso é necessário obter a dupla cidadania europeia, da qual pode variar entre R$ 5 mil e R$ 15 mil, a depender da quantidade de documentos necessários para comprovação (que normalmente precisam ser traduzidos e encaminhados ao consulado) assim como a localidade.

Portanto, é necessário considerar outros custos, como: taxas de cartório, tradução, tempo de duração do processo, emissão dos documentos(correio) entre outras despesas.

Dupla cidadania de outros Países

Para obter dupla cidadania de ouros países é necessário entrar em contato com o consulado do país, para solicitar informações acerca dos procedimentos que devem ser realizados para gerar a documentação.

Normalmente, países como França e Alemanha são mais criteriosos, como resultado, pode ser um pouco mais difícil conseguir a emissão da dupla cidadania.

Porém, em caso de direito comprovado seguindo todas as regras e critérios do consulado do país de interesse é possível requisitar a dupla cidadania em todos os países membros da União Europeia.

Outras formas de tirar dupla cidadania

casamentoAlém do direito por sangue, ou seja, por comprovação de descendência, existem também outros modos de obter a dupla cidadania, como destacaremos a seguir:

  • Matrimônio
  • Visto de Trabalho
  • Investimento
  • Naturalização

Matrimônio

Alguns países podem conceder a dupla cidadania por meio do casamento, isto é, caso seu atual ou futuro cônjuge tenha outra cidadania, através do matrimônio é possível requisitar a dupla nacionalidade.

Contudo, casar-se apenas para obter dupla cidadania é considerado fraude e pode ter serias penalidades.

Visto de Trabalho

Normalmente, existe a possibilidade de requisitar a dupla cidadania caso esteja trabalhando legalmente em outro país, entretanto, não são todas as nações que permitem tal benefício.

Portanto, é necessário consultar se o seu país de interesse permite que o visto seja convertido em residência permanente e posteriormente em cidadania consolidada.

Investimento

Outra forma de solicitar a dupla cidadania seria investir na economia do país europeu, dessa maneira, é possível obter um visto de residente que posteriormente facilita o requerimento de uma dupla cidadania.

Entretanto, desse modo, a dupla cidadania pode sair bem cara, visto que o custo para investimento dependendo das regras do país de interesse pode ser muito alto, assim como os critérios e exigências, como por exemplo, os anos decorridos que serão necessários para converter esse visto.

Naturalização

Outra possibilidade é obter a dupla cidadania através da naturalização, que pode ser requisitada através da comprovação de alguns critérios, como:

  • Domínio do idioma
  • Período mínimo de residência
  • Teste de conhecimento sobre o país

Porém as regras e requisitos para solicitar a naturalização variam de país para país.

Em resumo, podemos dizer que a dupla cidadania vale a pena quando levamos em conta seus benefícios, portanto, quem tem a possibilidade de solicitar a dupla cidadania de acordo com as informações que mencionamos não deve perder mais tempo.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply