Lençóis Maranhenses Pontos Turísticos

Lençóis Maranhenses Pontos Turísticos

Não tenha dúvida que você sentirá uma grande emoção quando avistar as lagoas dos Lençóis Maranhenses pela primeira vez.

O lugar é tão incrível que fica até difícil descrever com palavras a grandiosidade e imensidão da paisagem, que realmente encanta aos turistas.

A verdade é que os Lençóis Maranhenses são únicos e possuem uma beleza de tirar o fôlego, tornando quase impossível não se apaixonar por esse destino.

No entanto, diferentemente do que muitos pensam, embora seja muito parecido ao um deserto, a única semelhança é a areia mesmo. Isso porque chove bastante na região, o que faz com que as lagoas encham cada vez mais a cada ano que passa.

Então, fique sabendo que por lá você vai encontrar dunas, lagoas, areia branquinha que, apesar do calor, não é quente, o que possibilita andar descalço e curtir tudo que o destino pode oferecer.

Para quem não sabe, os Lençóis Maranhenses são uma região formada por mangues, dunas, lagoas e rios, que dão origem a um cenário único no mundo inteiro.

Eles ficam na região noroeste do estado do Maranhão, cerca de 250km de São Luís, a capital e ocupam cerca de 155 mil hectares.

Sendo assim, se você está mesmo interessado e quer saber um pouco mais sobre os Lençóis Maranhenses, é só continuar lendo e descobrir todos os detalhes sobre esse incrível lugar. Vamos lá?!

Quando ir aos Lençóis Maranhenses

Quando-viajar-para-Asia

A primeira coisa que você precisa saber é que o ciclo das águas é implacável nos Lençóis Maranhenses, sendo assim, no primeiro semestre do ano, as chuvas são constantes.

Embora possa ser um incomodo para os turistas, a verdade é que o grande volume de chuvas é o responsável por encher os lençóis freáticos, que acabam “transbordando” na forma de belíssimas lagoas.

Já no segundo semestre do ano, o sol constante vai secando as lagoas que a chuva do primeiro semestre encheu.

Então, para que você possa visitar os Lençóis Maranhenses no seu auge, mas sem ser atrapalhado pelas chuvas, a dica é ir logo no início do período de secas.

No entanto, é importante esperar também o período de chuvas terminar, para que você não tenha que lidar com dias nublados e chuvosos por lá.

Assim, você poderá aproveitar as lagoas bem cheias, antes que um grande volume de água faça com que evapore. Mesmo assim, poderá aproveitar tudo com sol, sem que paisagem perca seus encantos.

Isso porque é a luz do sol que reflete nas areias, deixando-as mais branquinhas, e na água, deixando-a mais azul.

Então, resumidamente, a dica é ir conhecer os Lençóis Maranhenses entre os meses de junho e setembro!

Como chegar

Como-chegar

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses tem duas principais portas de entrada, que são Santo Amaro do Maranhão e Barreirinhas. O único aeroporto dessa região é o de Barreirinhas e é ele que recebe voos fretados de São Luís, mas o custo é bastante alto.

Dessa forma, a melhor maneira de chegar aos Lençóis Maranhenses é pelo Aeroporto Internacional de São Luís, que recebe voos de todo o Brasil.

De lá, você pode pegar um transporte até os v por via terrestre mesmo, que pode ser ônibus, carro ou van fretada.

Uma possibilidade interessante é alugar um carro para poder aproveitar mais do Maranhão e não ficar preso apenas aos Lençóis Maranhenses, além de claro poder ficar mais livre dentro do estado sem depender de transporte público.

Toda essa logística pode ser algo meio assustador à primeira vista, mas a verdade é que esse trajeto todo vale cada minuto no paraíso.

Vale lembrar ainda que o trajeto da capital até Barreirinhas tem uma duração de 4 horas e é de fácil acesso, visto que existe um grande número de vans que partem diretamente do aeroporto para essa pequena cidade.

Para quem optar por ir direto de São Luís para Santo Amaro do Maranhão, a dificuldade pode ser um pouco maior, visto que o trajeto tem de ser feito com um veículo 4×4 por causa da estrada.

O que fazer

Sem dúvidas a principal resposta para essa pergunta é: vá ao máximo de lagoas que puder e aproveite para mergulhar em todas.

Pois é, as lagoas dos Lençóis Maranhenses são daquelas que merecem ser vistas, visitadas e desfrutadas ao máximo. Isso porque elas são muito especiais e diferente de tudo o que você já viu.

Então, vamos ver algumas dicas sobre o que fazer nos Lençóis Maranhenses:

  • Faça passeios em grupo, mas também tente um tour privativo

Faça-passeios-em-grupo,-mas-també

Os passeios oferecidos para visitar o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses são, quase sempre, feitos em grupos visto que são muitas as agencias que oferecem o destino.

Por isso, em alguns destinos do Circuito da Lagoa Azul e o Circuito da Lagoa Bonita você poderá acabar encontrando mais gente do que gostaria.

Então, se você quer uma experiência mais tranquila, pode investir em um passeio privativo fora da principal rota das agências.

  • Assis ao pôr do sol em uma das lagoas

Os Lençóis Maranhenses são lindos em qualquer momento do dia, mas a verdade é que o pôr do sol acrescenta uma emoção a mais. Então, nada melhor do que curtir o entardecer em um dos mais belos lugares do mundo.

  • As lagoas são todas incríveis, mas não deixe de conhecer a Lagoa das Esmeraldas

Certamente você vai se deslumbrar a cada minuto que estiver conhecendo os Lençóis Maranhenses, mas a verdade é que a Lagoa das Esmeraldas é algo realmente imperdível, com uma paisagem que faz qualquer um ter certeza de que a natureza é mesmo muito generosa.

  • Invista em uma travessia a pé

Invista em uma travessia a pé

Santo Amaro tem a fama de ter o circuito de lagoas mais bonito, mas quem conhece o Parque Nacional a fundo afirma que as lagoas mais bonitas ficam em povoados isolados, como Barra Grande e Queimada dos Britos.

A única forma de chegar lá é caminhando mesmo, então, invista seu tempo para ir conhecer essas “zonas primitivas’ lembrando que será necessário certa de 3 a 5 dias de caminhada, mas não há quem diga que não vale a pena!

  • Visite também os pequenos lençóis

Visite-também-os-pequenos-lençóis

Os Pequenos Lençóis formam um conjunto de dunas que ficam fora do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses e também têm ótimos cenários para oferecer, além de lagoas que rendem um ótimo banho.

Para que a sua experiência fique ainda mais legal, a dica é fazer um passeio de lancha, que tem parada nos povoados de Vassouras, Mandacaru e Praia de Caburé.

  • Sobrevoe os Lençóis Maranhenses

Sobrevoe os Lençóis Maranhenses

É quase impossível sobrevoar esse lugar incrível e não se emocionar profundamente. Isso porque, do alto, é possível ver toda a grandiosidade da natureza em um cenário de beleza única e deslumbrante.

Para os apaixonados pela fotografia, o sobrevoo é uma opção ainda mais interessante, embora seja um passeio recomendado a todos.

  • Tente fazer aulas de kite surf

Tente-fazer-aulas-de-kite-surf

Embora as principais atrações dos Lençóis Maranhenses sejam as lagoas, também existem praias que você pode conhecer para relaxar ou tentar fazer umas aulas de kite surf.

No pôr do sol, o lugar fica ainda mais impressionante, tornando a atmosfera do lugar algo realmente incrível.

Onde ficar

Para quem quer conhecer os Lençóis Maranhenses, existem 3 principais opções de bases para se hospedar, que são as seguintes: Atins, Barreirinhas e Santo Amaro do Maranhão.

Onde-ficar

Sem dúvidas, Barreirinhas é a cidade mais conhecida entre esses três destinos. Ela é também a opção que oferece uma melhor infraestrutura turística, com uma boa variedade de pousadas e hotéis.

Mais do que isso, essa é a cidade que tem mais restaurantes, agência de turismo e um comércio mais bem desenvolvido, recebendo uma quantidade de turistas bem maior que as outras duas bases.

A cidade de Barreirinhas é ideal para aqueles que não abrem mão de uma boa infraestrutura, sem falar que é a cidade mais fácil de chegar.

Embora seja a mais popular, Barreirinhas não é a única opção e pode não se encaixar no perfil ou necessidade de todos os turistas.

Portanto, existem também a opção de ficar em Santo Amaro, que é um destino mais tranquilo, com menos turistas e mais fácil acesso às lagoas.

Mesmo assim, a oferta de pousadas e hotéis é menor, bem com as opções de restaurantes e comércio, o que pode ser visto como uma desvantagem para muitos.

No entanto, essa é a melhor base para quem deseja visitar as mais belas lagoas do circuito que só são acessíveis de 4×4.

Já em Atins, você vai encontrar um ar mais alternativo e descolado. A cidadezinha fica entre o mar e as lagoas do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

Ela agrada bastante os turistas que estão procurando um lugar mais tranquilo, sem a obrigação de fazer os passeios. Ideal para quem deseja dar aquele pulinho na praia também.

O que comer

O Maranhão e um estado de rica gastronomia, com sabores realmente incríveis que, que vão tornar a sua experiencia ainda mais completa e agradável.

No entanto, como já foi explicado, as cidades de base para ir conhecer os Lençóis Maranhenses são pequenas, sendo que Barreirinhas é que oferece melhor infraestrutura turística, com restaurantes, bares e etc.

Camarões-gigantes

Então, vamos conhecer algumas dicas do que comer no Maranhão:

  • Camarões gigantes

Os frutos do mar são bem presentes nessa região, então não deixe de experimentar os camarões gigantes, que podem ser preparados de diversas formas.

  • Açaí Juçara

Esse é um açaí típico da região e para quem gosta, vai ficar impressionado com o sabor. Por lá, ele é vendido como Juçara mesmo e pode ser encontrado até em tendas na beira da estrada.

  • Moqueca maranhense

Sem dúvidas, esse é um dos melhores pratos do estado, composto por todos os ingredientes típicos de uma boa moqueca, mas com a peculiaridade de ter um ovo cozido dentro. É muito saboroso!

  • Arroz de Cuxá

Esse prato tem uma mistura entre árabe, africano e português, sendo muito famoso na região. O prato leva camarão seco, gergelim-branco, alho, cebola, azeite de oliva e vinagreira.

Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses Pontos Turísticos

Os Lençóis Maranhenses são realmente encantadores e não tem que não se emocione ou se surpreenda com tamanha beleza das paisagens de grandes dimensões desse lugar.

Então, vamos conhecer alguns dos principais pontos turísticos dos Lençóis Maranhenses por suas cidades:

  • Pontos turísticos de Barreirinhas

Pontos-turísticos-de-Barreirinhas

As principais lagoas que podem ser visitadas partindo de Barreirinhas estão no Circuito da Lagoa Azul e no Circuito da Lagoa Bonita.

Quem for no da Lagoa azul, irá conhecer a Lagoa da Preguiça, a Lagoa da Esmeralda, a Lagoa da Paz e a Lagoa do Peixe. Já quem for no da Lagoa Bonita, irá conhecer a Lagoa do Maçarico e a Lagoa do Clone, entre outras sem nomes.

Para quem estiver em Barreirinhas na época das cheias, a dica é ir conhecer a Lagoa da Esperança, que é perene.

  • Pontos turísticos em Atins

Pontos-turísticos-em-Atins

Esse é um povoado mais descolado que fica entre o Rio Preguiças, no Parque Nacional, e o mar. Estando um Barreirinhas você pode tirar um dia para visitar Atins.

No entanto, o mais interessante é que o lugar possui atrações que não exigem a contratação de passeios. Além disso, o lugar é ideal para quem quer descansar e não cumprir obrigações.

A principal atração aqui é a praia mesmo, que fica na foz do Rio Preguiças. O mar é tranquilo e a paisagem é de tirar o folego,

Se o objetivo é conhecer lagoas, você pode conhecer a Lagoa Tropical, lagoa da Lorena, Lagoa da Capivara e Lagoa das Sete Mulheres.

  • Pontos turísticos de Santo Amaro

Pontos-turísticos-de-Santo-Amaro

Com uma beleza contundente, essa região também tem seus pontos de interesse, sendo o paraíso das mais belas lagoas do estado. Dentre elas, as principais que você pode visitar são: Lagoa da Andorinha, Lagoa da Gaivota, Lagoa do Espigão, Lagoa da Betânia e Lagoa das Emendadas.

Vida noturna

Vida-noturna

Nem só de belíssimas lagoas vive os Lençóis Maranhenses, visto que o local tem opções de diversão depois que o sol se põe também.

Então, se você é dessas pessoas que não abrem mão de um agito à noite, fique sabendo que não existem casas de festa para baladas e etc.

No entanto, existem bares e restaurantes, que criam uma atmosfera interessante para passear à noite pela cidade, especialmente Barreirinhas.

Transportes

Se você estiver de carro por lá, esqueça, pois ele será muito pouco útil nesse destino dos Lençóis Maranhenses. O máximo que você vai usar ele é para chegar até Barreirinhas, onde ele ficará parado por dias durante sua estadia.

Transportes

Então, fique sabendo que para poder circular pelos Lençóis Maranhenses, especialmente no Parque Nacional, você irá precisar um veículo que tenha tração nas quatro rodas e snorkel.

Isso sem falar em uma boa experiencia para andar nas dunas autorização do IMCBio, que deve ser adquirida previamente.

Resumindo, é muito melhor ir para os Lençóis Maranhenses sem carro e fazer os passeios por lá contratando um guia ou indo para algumas lagoas a pé mesmo.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre os Lençóis Maranhenses, suas incríveis atrações e como aproveitar cada detalhe desse destino incrível! Aproveite essas informações e boa viagem!

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply