O que fazer em Madrid, os Melhores Pontos Turísticos

Melhores-Pontos-Turísticos-Madrid

Se você está fazendo seu planejamento para conhecer Madrid, a capital da Espanha, possivelmente vai precisar de algumas dicas.

Fique sabendo que para chegar lá você irá desembarcar em um dos aeroportos mais bonitos do mundo, mas existe também a possibilidade de chegar de trem.

O fato é que o local é incrível, cheio de atrações e passeios que vão encantar você. Isso tudo sem falar em sua cultura marcante e uma história muito rica.

Então, se você está interessado em viajar para Madrid e quer saber um pouco mais sobre esse destino incrível, é só continuar lendo para descobrir todos os detalhes. Vamos lá?!

Quando irQuando-ir-casal-jovem-com-mapa-em-verão

Madrid é uma cidade bastante favorável para passeios, visto que chove pouco e neva menos ainda. No entanto, se você estiver se perguntando qual é a melhor época para conhecê-la, a dica é somente uma: evite o verão.

Isso porque o verão tem altíssimas temperaturas que tornam os dias bastante complicados, com os termômetros marcando até 34 ou 35 graus.

Vale lembrar, no entanto, que o verão de Madrid acontece entre os meses de julho e agosto.

Mais do que isso, é também nesse época que os europeus tiram férias, o que faz com que os preços subam e as cidades e atrações fiquem mais cheias de turistas.

No inverno, por sua vez, a temperatura não é tão baixa, mas podem ocorrer algumas surpresas e você chegar a encontrar temperaturas negativas, incluindo com neve.

As melhores épocas para visitar Madrid são as estações de outono e primavera, quando as temperaturas são mais amenas, as chuvas escassas e não há neve.

Como chegar

Para quem está saindo do Brasil, a principal forma de chegar até Madrid é de avião mesmo, lembrando que existem voos partindo das principais capitais brasileiras.

Existem várias companhias aéreas que fazem o destino, mas as mais comuns são Latam e Ibéria que oferecem voos diretos, além de KLM, Tap, Avianca e Air France, que oferece voos com conexões.

Para quem já está na Europa, é possível também conseguir um voo interno, lembrando que existem companhias low cost.

Outra opção para quem já está na Europa é ir de trem mesmo, ou de ônibus, que são opções viáveis dependendo do seu ponto de partida.

O que fazer em Madrid

O que fazer em Madrid vai depender muito de quantos dias você vai ficar na cidade. Então, veja a seguir algumas dicas sobre o que fazer em Madrid e monte seu itinerário com os melhores Pontos Turísticos:

Puerta-del-Sol

  • Puerta del Sol

Esse tem de ser o primeiro ponto da sua lista, visto que essa praça é considerada o coração da cidade. Isso sem falar que é um excelente ponto para iniciar um trajeto a pé pelas ruas de Madrid.

Puerta-del-Sol-com-Flores

  • Plaza Mayor

Essa praça é uma das principais atrações de Madrid e rende ótimas fotos por sua belíssima arquitetura que confere ao coração da cidade um ar de grandiosidade.

Plaza-Mayor

  • Parque El Retiro

Tire alguns minutos do seu dia para ir caminhar por esse parque ou até mesmo fazer um piquenique no lugar que é a maior área verde de Madrid. O local foi muito importante para a monarquia até o fim do século 19.

Parque-El-Retiro

  • Puerta del Alcalá

Esse é mais um lugar que não pode ser deixado de lado em Madrid. Ele fica ao leste da cidade, na Plaza de la Independência, pertinho do parque do Retiro.

O portal foi inaugurado ainda no ano de 1778 e é considerado a porta de entrada da cidade de Madrid.

Puerta-del-Alcalá

  • Museus

Madrid tem uma grande variedade de museus que contam sua história, sendo que os mais importantes são o Museo Reina Sofia, o Museo del Prado e o Museo Thyssen-Bornemisza.

Museus na espanha

  • Palácio Real

Esse é o maior palácio da Europa Ocidental, já tendo sido residência oficial do Rei Juan Carlos. Atualmente, é mais utilizado para celebrações importantes.

Palácio-Real

  • Gran Vía

Essa é a principal avenida de Madrid e também a mais famosa e você certamente vai passar por ela, querendo ou não. Ela é enorme e reúne uma grande variedade de lojas de grifes, cinemas, teatros, restaurantes, bares e muito mais.

Gran-Vía

  • Templo de Debot

Esse templo fica perto da Plaza España, seguindo pela Gran Vía, e consiste em um templo egípcio datado do século II a.C., que foi um presente desse povo para o governo espanhol.

Templo-de-Debot

  • Mercado El Rastro

Esse mercado é verdadeiramente incrível, considerado um clássico dos domingos, sendo um dos maiores mercados a céu aberto da Europa.

Mercado-El-Rastro

Onde ficar

Madrid é uma cidade bastante turística e é por isso que oferece uma grande variedade de bairros que são legais para ficar, desde os mais alternativos até os mais tradicionais. Então, vamos ver alguns bons bairros de Madrid:Salamanca

  • Salamanca: bem localizado, esse bairro fica perto do famoso parque do Retiro, bem como as famosas ruas com grifes famosas. O local é bem calmo e de fácil acesso com metrô.
  • Chueca: um bairro alternativo, conhecido por ser frequentado por homossexuais. O local tem bares descolados, salões bem diferentes e cafés temáticos, com boas opções de vida noturna, transporte e hospedagem.
  • Gran Via – Callao: essa é uma avenida muito conhecida por ter prédios e cinemas antigos, lojas e cafés. É uma região bastante turística e tem muitas opções de hostels.
  • Sol: a região entorno da Plaza del Sol tem os maiores pontos turísticos de Madrid, sendo uma boa opção para quem viaja só.
  • Paseo del Prado: essa é uma região bastante arborizada e era conhecida por seu glamour do passado, com bares e hotéis frequentados pela aristocracia.

O que comer

Para que se possa conhecer a verdadeira cultura de um lugar, é preciso ir além dos pontos turísticos e mergulhar também na gastronomia, pois ela sempre conta um pouco da história do seu destino.

Então, veja alguns pratos típicos que você deve experimentar em Madrid:

Cocido-madrileño

  • Jamón: conhecido como presunto cru, esse é um dos ingredientes mais usados na culinária da Espanha, presente em quase todas as refeições.
  • Cocido madrileño: bastante famoso, esse cozido tem carnes variadas, macarrão, batata, grão-de-bico e outros vegetais.
  • Callao a la madilenã: esse prato é uma versão espanhola da dobradinha brasileira, sendo feito com cebola, tripas, focinho de porco, tomilho, chouriço e mais.
  • Caracoles a la madrileña: bastante tradicional, esse prato consiste em caracóis servidos em um caldo, sendo mais comum na primavera.
  • Bocadillo de calamares: um sanduíche recheado com lulas empanadas, que faz muito sucesso na cidade.
  • Croquetas: um bolinho frito, que pode ser feito de diversos sabores.
  • Tortilla: esse é um prato comum em todas as refeições, sendo um tipo de omelete com batatas.

Vida noturna vida-noturna

Madrid é uma cidade agitada, com uma vida noturna intensa e muitas opções de bares, baladas, restaurantes e opções de diversão. Sendo assim, se quiser sair à noite, escolha um dos seguintes bairros:

  • Huertas: uma das áreas mais conhecidas e animadas da cidade, sendo a preferida de turistas e estrangeiros.
  • Malasaña: esse é o bairro central e se caracteriza por um ambiente boêmio mais alternativo.
  • Chueca: esse é o “Soho” de Madrid, sendo um dos bairros mais cosmopolitas da cidade. O local é muito animado e as opções ficam em torno da Plaza de Chueca.
  • Avenida brasil: perto do estádio Santiago Barnabéu você poderá encontrar bares mais caros, gente bonita e muita animação.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre Madrid, seus atrativos e como aproveitar ao máximo esse destino incrível.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply