Pode levar garrafa de vinho no avião?

Pode levar garrafa de vinho no avião

Viajar e voltar para casa sem a mala cheia é impossível. Em qualquer viagem, por menor que seja o período de duração, é normal comprar lembranças ou até mesmo itens de uso diário que encontramos pelo caminho.

Entretanto, alguns itens são um pouco mais complicados. As companhias aéreas restringem alguns objetos até mesmo na mala despachada. Bebidas alcoólicas são motivo de preocupação para os viajantes que pretendem transportá-las. As principais dúvidas estão em relação a permissão e quantidade de garrafas que podem ser levadas.

Bebidas alcoólicas, como o vinho por exemplo, podem sim ser transportadas no avião. Mas para você não ser barrado na alfândega, precisa estar atento a algumas regras e dicas.

Como o álcool pode ser inflamável, algumas bebidas podem sofrer restrições. Mas se você está voltando do Chile ou de algumas regiões da Argentina, você não vai conseguir voltar sem algumas garrafas de vinho, certo? Portanto, tome algumas precauções, mas fique tranquilo: você vai conseguir trazer os produtos para o Brasil.

Quantidade que pode levar na bagagem de mão

Quantidade que pode levar na bagagem de mão

Nos vôos nacionais, você pode levar até cinco litros de bebidas alcoólicas na mala de mão. Isso significa que se a garrafa tem 750 ml, você pode transportar até seis garrafas. Caso você tenha comprados garrafas maiores, de um litro por exemplo, pode transportar até cinco garrafas.

Esteja atento ao peso das garrafas. Se ultrapassar o permitido, você pode ter que pagar taxas extras ou até mesmo ter que jogar fora uma das suas bebidas. Deixe a sua garrafa de vinho bem protegida, envolta em um saco plástico. Se elas quebrarem, além de você ficar no prejuízo, vai sujar sua mala ou até mesmo a cabine do avião.

Já em vôos internacionais você não pode transportar nenhum líquido acima na bagagem de mão com mais de 100 ml. Se você colocar qualquer produto líquido com acima de 100 ml, terá que descartá-lo.

Quantidade que pode levar na mala despachada

Quantidade que pode levar na mala despachada

As regras em relação a bagagens despachadas são menos restritas. Mas antes de qualquer coisa, certifique-se de deixar suas bebidas muito bem embaladas. Você pode deixar elas enroladas em plástico bolha e logo em seguida colocar uma sacola em volta.

Nos vôos nacionais, não há limites em relação ao número de garrafas, mas é preciso estar atento ao peso da mala. Quando se trata de viagens internacionais, o limite de transporte é de 12 litros de bebida alcóolica.

Além dessas quantidades, os turistas que comprarem no free shop de entrada no Brasil, pode trazer ainda mais garrafas: 24 unidades de bebidas alcoólicas ou então, caso esteja em um aeroporto europeu, o limite é de 12 litros.

Recomenda-se comprar vinhos de marcas diferentes. Pois assim, caso você seja parado na alfândega, não tenha nenhum problema em ser considerado um contrabandista ou tenha que pagar taxas adicionais.

Não importa se você está trazendo as garrafas para revendê-las no Brasil ou se quer guardar como uma lembrança da viagem, siga nossa dica de comprar produtos de marcas diferentes para isso não te trazer problemas.

Você pode despachar vinhos em caixas em vez de malas, mas esse volume vai ser contado como bagagem comum. Isso significa que é melhor deixar o produto dentro das própria mala, para você não ter que pagar bagagem extra.

Como acomodar os produtos nas malas

Como acomodar os produtos nas malasApós proteger as suas garrafas com plásticos em volta delas, deixe elas por dentro das roupas para amortecer os impactos. Antes de qualquer coisa verifique se elas estão bem fechadas, para não manchar seus outros pertences.

Ao comprar um vinho, veja se a loja não tem nenhuma embalagem especial para despache. Isso vai te deixar mais seguro, pois você sabe que os produtos serão transportados em segurança.

Pode parecer estranho, mas em vez de usar plástico bolha, algumas pessoas deixam os vinhos dentro de fraldas descartáveis. Coloque duas fraldas ao redor de cada garrafa e depois dentro de um plástico. Fica mais difícil da garrafa quebrar e caso ocorra algum acidente, a fralda vai absorver o líquido.

Assim que chegar na sua casa, deixe o vinho descansar por aproximadamente 15 dias. É importa você seguir esse procedimento, pois durante a viagem, a bebida sofreu variações de temperatura e foi manipulada excessivamente.

Toda vez que você viajar e trouxer bebidas em garrafas de vidro, dê preferência para as malas rígidas, pois elas conseguem armazenar melhor do que as de tecido. As garrafas não devem bater uma na outra, pois o risco de acidente será maior.

Se você quiser trazer seus vinhos em bagagens convencionais, não em caixas de isopor ou malas para vinho, lembre-se de que as garrafas devem estar no centro da mala. Além disso, deixe sua bolsa bem cheia, para que os produtos não consigam se movimentar dentro da bagagem.

Malas para vinho

Malas para vinhoPoucas pessoas sabem, mas existem malas exclusivas para transporte de vinho. Existem diversas regiões no mundo inteiro (até mesmo no Brasil), famosas por suas vinícolas. Se você viajou para um desses lugares, é provável que volte cheio de garrafas.

Caso um dos seus principais objetivos na viagem seja trazer vinhos para o Brasil, considere a compra de uma bolsa especial, para você conseguir organizar melhor as compras. Por dentro, a mala tem uma espuma de alta densidade que comporta até 12 garrafas.

Essas malas devem possuir rodinhas e alças para o manuseio se tornar mais fácil. Fique tranquilo, pois elas são aprovadas pela companhia aérea. Importante lembrar que essa mala vai no porão do avião.

Mesmo cheias, elas não devem ultrapassar o limite de 23 kg, que é uma regra imposta pelas companhia aéreas. É possível trazer suas garrafas em bagagens convencionais, mas caso esteja trazendo vários produtos, a mala própria para vinho vai te deixar mais tranquilo, pois o risco de acontecer algum imprevisto é praticamente inexistente nesse caso.

Você vai poder voltar para o Brasil com vários produtos que te façam ter boas recordações da viagem. Agora que você já sabe que é possível trazer bebidas alcoólicas dentro do avião, aproveite para conhecer vinícolas ao redor do mundo e trazer suas lembranças.

Deixe uma resposta