O que fazer em Ouro Preto

O-que-fazer-em-Ouro-PretoSe você tem dúvidas sobre o que fazer em Ouro Preto, pode ter certeza que você não é o único, mas a verdade é que não faltam opções de diversão e atrações belíssimas para quem quer se divertir por lá.

A cidade de Ouro Preto fica em uma das principais áreas do conhecido ciclo do ouro. A estimativa é de que cerca de 800 toneladas desse metal precioso já tenham disso enviadas dali para Portugal. Isso sem falar em movimentações ilegais, claro.

Outra curiosidade é que Ouro Preto já foi a cidade mais populosa de toda a América Latina, visto que tinha mais de 40 mil habitantes no ano de 1730.

Ela foi fundada de 1711 e, atualmente, e considerada um Patrimônio Estadual, um Monumento Nacional e também um Patrimônio Mundial da UNESCO.

Então, se você está interessado e ainda tem dúvidas sobre o que fazer em Ouro Preto, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre esse destino. Vamos lá?!

Quando irQuando-viajar-para-Asia

Ouro Preto é uma cidade bastante turística, que recebe visitantes o ano inteiro, lembrando que os finais de semana são sempre os mais disputados por lá por causa de quem vem de perto para uma viagem rápida.

Mais do que isso, as férias escolares e feriados prologados sempre atraem muitos turistas para a cidade.

Dessa forma, se você quer visitar o destino com mais tranquilidade e ainda economizar com hospedagem, a dica é evitar os meses de dezembro até fevereiro e também os mês de julho.

O clima também é outro ponto importante, lembrando que Ouro Preto possui duas estações bem definidas, sendo que um é o período de chuvas e outro é a estação seca.

Então, lembre-se que o clima tende a ser mais úmido e quente entre os meses de outubro a março, com maior precipitação. Já nos meses de abril a setembro, o clima é mais seco e as temperaturas mais frias.

Como chegarOnde-ficar

Ouro Preto é uma cidade histórica, que fica localizada a apenas 100km da capital de Minas Gerais, Belo Horizonte. Sendo assim, é uma ótima opção também para fazer um bate volta.

O aeroporto mais perto de Ouro Preto é o de Confins, na capital. Chegando lá, existe a opção de alugar um carro ou seguir viagem de ônibus mesmo.

Uma vantagem de ir de carro é que você terá como se locomover na cidade, podendo chegar mais facilmente até os pontos mais afastados. No entanto, mesmo sem carro é possível conhecer tudo por lá.

O que fazer em Ouro Preto

Que Ouro Preto é uma cidade incrível já foi possível perceber, com toda sua tradição passeios emocionantes, história e mistérios. Então, vamos ver algumas dicas sobre o que fazer em Ouro Preto:

  • Museu da Inconfidência

O local é dedicado à preservação da memoria do Movimento pela Independência do Brasil que não foi bem sucedido. Ele fica bem no centro da cidade em belíssimos prédios históricos da Cadeia de Vila Rica e Casa de Câmara.

  • Praça Tiradentes

Essa praça é considerada um marco histórico do estado, sendo o lugar onde a cabeça de Tiradentes ficou exposta em 1792, época em que cidade ainda se chamava Vila Rica.

  • Igreja Nossa Senhora do Pilar

Considerada a segunda igreja mais rica do Brasil, ela tem esculturas em ouro e seu teto foi pintado pelo pai do famoso artista mineiro conhecido como Aleijadinho.

  • Igreja de São Francisco de Assis

Em 2009 essa igreja ganhou o título de uma das Sete Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo. Sua construção segue o estilo rococó, numa evolução do barroco mineiro de uma época em que a fase do ouro já estava em decadência.

  • Feirinha de Ouro Preto

Essa é uma feirinha de artesanato muito tradicional, sendo parada obrigatória para conhecer um pouco mais do local. Lá você encontrará muito artesanato, esculturas, vasos, camisetas e muitos outros souvenirs.

  • Mina de Passagem

Essa é a maior mina de ouro que está aberta à visitação do mundo, ficando entre a cidade de Ouro Preto e Mariana. Para conhecer o lugar, são usados carrinhos que andam nos trilhos e levam os visitantes pelos túneis da mina.

  • Cia Navegantes de Fantoche

Criados ainda em 1994, o teatro de fantoches é um clássico da cidade, mas atualmente se baseia na cidade vizinha de Mariana. Se tiver a oportunidade, vale conhecer um pouco mais sobre as apresentações.

Onde ficarOnde-ficar

Quando o assunto é localização de hospedagem em Ouro Preto, a dica é sempre o centro histórico e não há muito como fugir disso.

A Praça Tiradentes é uma referência local, então, quanto mais perto dela, mais próximo você estará dos melhores restaurantes, bares e também da rodoviária.

Um ponto muito importante é que, se você estiver de carro, não esqueça de perguntar se a sua pousada tem estacionamento particular. Isso porque não é muito fácil estacionar por lá e pode acabar saindo caro pagar à parte.

Mais do que isso, descubra também se o hotel escolhido está no topo de alguma das ladeiras da cidade. O fato é que Ouro Preto é repleto de ladeiras e é meio complicado escapar delas, mas se seu hotel estiver no alto de alguma delas, pode se tornar um tanto cansativo.

O que comerBambá-de-couve

A culinária mineira é conhecida por sua fartura e sabores, tendo muita tradição e história. Então, vamos conhecer alguns pratos que você deve experimentar quando estiver em Ouro Preto:

  • Frango com quiabo: um clássico do estado, o prato é feiro com frango caipira e quiabo, sendo facilmente encontrado em muitos restaurantes.
  • Tutu: o tutu de feijão é feito com feijão cozido e misturado com farinha de mandioca ou de milho, ficando com uma consistência mais pastosa. Ele é comumente servido em panela de ferro com ovos e torresmo.
  • Bambá de couve: esse é um caldo feito com base de fubá e teve sua origem em Ouro Preto mesmo, no tempo da escravidão. A história conta que os escravos preparam o prato com sobras de fubá, partes de carne que sobravam e couve, que tem de ser rasgada e não cortada.
  • Feijão tropeiro: esse é outro prato herdado do período colonial, que mistura feijão, carne, ovos e farinha, comumente comida em viagens longas na época.
  • Ora-pro-nobis: uma hortaliça bastante comum na culinária mineira, o prato ainda leva frango e verduras, formando um tipo de cozido.
  • Leitão a pururuca: esse prado consiste em leitão assado com a pele, que depois é “pururucada” para ficar crocante.
  • Vaca atolada: esse prato é feito com carne cozida junto com mandioca e também tem origem no período colonial.

Mais do que isso, não perca a oportunidade de experimentar os doces coloniais que podem ser facilmente encontrados em Ouro Preto.

O que fazer em Ouro Preto a Noite


Vida-noturna-Ouro-Preto

Muita gente nem imagina, mas o que não faltam são opções de atrações noturnas para quem quer se divertir depois do por do sol em Ouro Preto. Por lá você pode encontrar ótimos bares e restaurantes, além de baladas para quem quer dançar.

Isso porque Ouro Preto é uma cidade universitária e, como não poderia ser diferente, tem muito agito.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre o que fazer em Ouro Preto e como aproveitar ao máximo esse destino incrível.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply