Panamá Pontos Turísticos

Arquipélago-de-San-Bras

O Arquipélago de San Blas é um conjunto de 365 ilhas pertencentes ao Panamá

Da floresta tropical ao mar azul turquesa, o Panamá é um destino ainda pouco conhecido dos turistas brasileiros, mas que esconde verdadeiras belezas.

Seu nome oficial é República do Panamá e o país é mundialmente conhecido por seu canal de mais de 77 km, que é o Canal do Panamá, que une o Oceano Atlântico ao Pacífico.

A cada ano o Canal do Panamá recebe mais de 1 milhão de pessoas que vão observar essa grande maravilha da engenharia moderna

Além dessas obras e estruturas fantásticas, o Panamá também oferece destinos incríveis que muitos ainda desconhecem, com grandes cidades muito bem estruturadas e belíssimas praias.

Na capital do país, a Cidade do Panamá, ainda é possível encontrar uma ativa vida noturna, restaurantes de qualidade e muitos, mas muitos cassinos para todos os lados.

É por isso que turistas do mundo inteiro viajam para conhecer o Panamá e todas as belezas que ele pode oferecer aos seus viajantes.

Então, se você está interessado em conhecer um pouco mais desses país incrível que promete diversão e atrações para todos os gostos, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber. Vamos lá?!

Quando irQuando-ir-casal-jovem-com-mapa-em-verão

A boa notícia é que o Panamá possui uma temperatura constante no ano inteiro, com uma clima tropical muito agradável. Isso faz com que ele seja um excelente destino para visitar a qualquer época do ano.

Mais do que isso, a umidade no Panamá é considerada alta, normalmente, principalmente nas estações de chuvas, que acontecem entre junho e dezembro.

Sendo assim, podemos dizer que o clima do Panamá se divide, basicamente, entre seco e chuvoso.

Então, a definição da melhor época para ir conhecer esse país vai depender justamente do que você pretende fazer por lá.

Para quem está com a intenção de fazer snorkeling ou scuba diving, a melhor época para ir ao Panamá é entre dezembro e abril.

Isso porque nessa época a visibilidade da água não é afetada pelas chuvas.

Na verdade mesmo, o único mês que não é muito indicado viajar para o Panamá é em novembro, visto que há muitos feriados nacionais. Por isso, muitas lojas fecham, os hotéis ficam lotas e também chove muito.

Como chegar

O Panamá é um país que, para quem não sabe, fica localizado na América Central. Dessa forma, podemos dizer que o meio mais rápido de chegar até ele, partindo do Brasil, é por avião mesmo

No entanto, dependendo do ponto de partida, pode haver outras alternativas. Veja as opções disponíveis:

  • Indo de avião para o Panamá

A Copa Airlines é uma empresa panamenha, por isso oferece uma grande quantidade de voos diretos todas as semanas para a Cidade do Panamá, saindo de diversas capitais brasileiras, tais como Brasília, Porto Alegre, São Paulo, Manaus, Recife e outras.

Além disso, existem também outras empresas que fazem o destino Panamá, tais como a Gol, a Avianca e a United.

  • Indo de carro para o Panamá

Embora o Panamá seja ligado à Colômbia por terra, a verdade é que não existem estradas entre eles. Por isso, se você for de carro até a Colômbia, por exemplo, vai ter que concluir a travessia do carro em um contêiner ou em uma balsa se tiver em funcionamento.

Se a ideia for acessar o Panamá pela Costa Rica, sim, é possível ide de carro pela estrada e a fronteira funciona bem.

O que fazer

Sem dúvidas, há muita coisa para fazer na cidade do Panamá e é por isso que você não pode deixar de conhecer as atrações do locais, para aproveitar tudo que ele pode oferecer, veja só:

  • Causeway
    Parque-Nacional-Coiba

    Coiba é a maior ilha da América Central, ao largo da costa da província panamenha de Veraguas.

Essa é uma ótima região para um passeio na capital, que consiste em uma grande avenida que une a principal parte da cidade com mais 4 ilhas que formam um arquipélago pequeno.

Ela foi construída ainda em 1913 com o que sobrou da construção do grande Canal do Panamá.

  • Provar a culinária local

Ao viajar para o Panamá, você não pode deixar de provar os pratos locais, com seus sabores únicos. Na Cinta Costanera, por exemplo, há um riquíssimo mercado de peixes locais.

  • Biomuseo

    Panama-Causeway

    Biomuseo é um museu focado na história natural do Panamá

Inaugurado em 2014, esse museu é capaz de surpreender por dentro e por fora, visto que foi projetado por Frank Gehry, um super arquiteto, usando cores únicas.

Lá você encontrará um acervo muito interessantes sobre a biodiversidade local.

  • Cassinos

    Panamá-cassinos

    Panamá-cassinos

Como falamos lá no início desse artigo, o que não falta no Panamá não opções de cassinos, espalhados por toda a cidade. Isso porque esse tipo de jogo é liberado por lá, sendo uma ótima oportunidade para os turistas brasileiros que ainda não conhecem um.

  • Compras

Talvez você não saiba, mas o Panamá é um ótimo destino de compras, que muitas vezes é comparado até mesmo com Miami.

Isso porque a Cidade do Panamá possui um centro de compras de altíssimo nível e oferecem preços bastante atrativos.

Portanto, se você estiver buscando uma boa relação entre custo e benefício, essa pode ser uma excelente opção.

Vale lembrar, porém, que mesmo que a moeda local seja o Balboa, as comprar são pagas em dólares mesmo.

  • Casco Antiguo e Panamá Viejo

    Casco-Antiguo-no-Panama

    Também conhecido como Casco Viejo, San Felipe é o coração do centro histórico, popular pelo animado panorama de restaurantes e vida noturna

Esses dois bairros panamenhos são bastante antigos, com suas ruínas da cidade antiga e seu charme único. Além disso, eles ainda reúnem bares, ruazinhas de pedra e edifícios históricos, sendo ideal para conhecer um pouco mais da história local.

  • Assistir o nascer e o pôr do Sol em diferentes oceanos

Talvez você não tenha pensado nisso, mas pode ver o nascer do sol no Pacífico e o pôr do sol no Atlântico em um mesmo dia.

Isso porque o trecho mais estreito entre um lado e outro tem apenas 80 km e fica no Canal do Panamá.

  • Canal do Panamá

    canal-do-Panamá

    O canal do Panamá é um canal artificial de navios com 77,1 quilômetros de extensão, localizado no Panamá

Claro que essa atração não poderia ficar de fora da lista, afinal é um dos maiores atrativos da região por ser uma construção realmente grandiosa.

Para quem não sabe, ele foi construído em 1914 pelos EUA, sendo considerado até os dias de hoje como um incrível obra da engenharia.

Onde ficar

A primeira coisa que você precisa saber é que a capital, Cidade do Panamá, oferece uma infraestrutura turística completa, incluindo hotéis ótimos com preços acessíveis.

Por isso, certamente não será um problema encontrar um bom lugar para ficar por lá.

Dentre as melhores regiões para se hospedar, podemos citar as seguintes: Avenia Balboa e seus arredores, cercanias do Shopping Multiplaza Pacific, Via Spaña ou Casco Viejo;

Então, não importa se você vai para hostel, hotel ou alugar uma habitação, se ela não ficar em algum desses lugares acima, é melhor repensar.

O que comer

Hojaldras

Hojaldras

Muita gente nem imagina, mas a comida panamenha ganha destaque por seus sabores típicos e muito deliciosos.

Pela costa do Pacífico e do Caribe, a dieta tem bastante ingredientes locais, como coco, raízes, frutos do mar e também frutas tropicais.

Pela costa caribenha, existem muitas comunidades indígenas e afro-antilhanas, que possuem métodos próprios de cozimento dos alimentos, sempre priorizando os ingredientes naturais.

São essas influências que fazem com que a comida do Panamá também tenha um toque mais picante. Então, vamos conhecer alguns pratos que você precisa experimentar por lá:

  • Hojaldras: essa é uma massa folhada bastante leve, não-fermentada e frita. Ela vem em várias camadas com recheios que podem variar entre doce e salgado.
  • Bollos: esse prato é um bolo que pode ser feito de aipim, milho ou batata, com variações que também são consumidas na culinária espanhola e colombiana.
  • Tortilla de maíz: essas tortilhas feitas de milho vêm recheadas com queijo fresco. No seu preparo vai ovos, milho, pimenta, sal e, claro, queijo.
  • Patacones: esse prato é feito com pedaços de banana verde frita, sendo muito popular também em outros países latino-americanos, tais como Equador, Costa Rica, Colômbia e Venezuela.
  • Carne o salchicha guisada: esse prato não é nada menos que um cachorro quente feito com salsicha picada e molho de tomate, pimentão e cebola.

Pontos Turísticos

Bocas-del-Toro-panamá

Bocas del Toro é uma província do Panamá que compreende uma cadeia de ilhas perto da costa do Caribe

O Panamá é um país cheio de atrativos, como já dissemos anteriormente, com cenários que vão desde praias até florestas tropicais.

Então, vamos ver alguns importantes pontos turísticos do Panamá que você não pode deixar de visitar:

  1. Parque Nacional Metropolitano do Panamá: se localiza em Ancon, que é um pequeno distrito da região metropolitana da capital, sendo um dos últimos refúgios de preservação da Floresta Tropical na América Central.
  2. Canal do Panamá: muito famoso, pelo Canal do Panamá passam enormes embarcações de carga e até cruzeiros de luxo que cruzam do Oceano Pacífico para o Atlântico e vice-versa.
  3. Parque Nacional Coiba: a mais extensa ilhada América Central, Coiba foi declarada com Parque Nacional em 1992 e considerada Patrimônio Mundial da Unesco em 2005, com 75% de sua região em floreta, abrigando muitas espécies raras.
  4. Cidade do Panamá: uma grande cidade muito desenvolvida, a capital do país é moderna, organizada e limpa.
  5. Bocas del Toro: um arquipélago caribenho composto por 9 ilhas principais e mais 200 ilhas não habitadas, com muita beleza natural e paisagem paradisíaca.
  6. Arquipélago de San Bras: formado por 365 ilhas, esses arquipélago fica do lado leste do Canal do Panamá, sendo um dos mais belos cenários do Caribe.
  7. Parque Nacional Darien: a 325 km da capital, esse parque também é Patrimônio da Unesco, considerado um dos melhores pontos de observação de pássaros do mundo.

Então, veja quanto tempo você pretende ficar no Panamá e escolha quais desses principais pontos turísticos vai conhecer ou se vai conhecer todos mesmo. Vale muito a pena!

Vida noturnaBalda-no-Panamá

Para quem não sabe, a vida noturna do Panamá é bastante agitada e animada, com diversas opções de locais para se divertir depois que o sol se põe.

Um desses lugares principais é na Calle Uruguay e também na Caller Argentina, que contam com muitos restaurantes e também batres.

Se a ideia for uma saída mais pessoal e intimista, existem também opções de bares mais exclusivos com muitos drinks saborosos.

Dicas

É normal ter muitas dúvidas quando vamos visitar um país diferente, afinal, o melhor é sempre saber o máximo possível para aproveitar tudo que o destino pode oferecer.

Então, antes de preparar suas malas para ir ao Panamá, veja algumas dicas incríveis:

  • Língua

A língua oficial do Panamá é o espanhol, por causa de sua colonização pela Espanha. No entanto, o inglês também é bastante importante por lá, sendo bastante usado pela população.

  • Moeda

Como já falamos, a moeda do Panamá é o Balboa. No entanto, a indicação é que o turista viagem levando dólares mesmo, que são bastante aceitos, bem como cartões de crédito.

  • Visto

Para os turistas brasileiros, o Panamá não exige visto desde que seja uma viagem de até 90 dias de turismo. No entanto, é preciso o passaporte para entrar no país, lembrando que ele deve ter ao menos 6 meses de validade.

Além disso, também é preciso já ter a passagem de volta, reserva do hotel e uma comprovação de dinheiro de, pelo menos, 500 dólares.

  • Alertas do governo

Existem alguns pontos de exigência que os viajantes devem cumprir para visitar o Panamá, que são: Certificado Internacional de Vacinação da Febre Amarela, Hepatite A, Hepatite B, raiva e febre tifoide.

O viajante deve estar sempre com sua documentação e o passaporte deve ter a validade de, ao menos, 6 meses.

Transportes

Metrobus

Metrobus

Se a ideia é viajar pelo Panamá de ônibus, fique sabendo que é possível chegar à maioria das cidades dessa forma. Os veículos são, normalmente, bem equipados, mas existem alguns que operam em condições bem precárias.

Já em relação ao transporte do país, é importante ressaltar que ele não é muito bem estruturado. Por isso, especialmente nas grandes cidades, a dica é optar pelo taxi mesmo.

O Metrobus também é uma ótima opção que cobre quando toda a capital e região metropolitana, embora não seja muito simples de usá-lo.

Isso porque, mesmo sendo uma opção barata, não é muito simples entender as rotas e as paradas, além de que muitas vezes estão sobrecarregados, o que os deixa pouco seguros.

A exceção para isso é o trem histórico que liga a Cidade do Panamá e o Colón, que vai paralelo ao canal.

Mais do que isso, uma boa maneira de se locomover é alugar um carro por lá mesmo. Inclusive, no aeroporto já existem algumas empresas que fazem esse serviço.

Fotos

Agora, veja algumas fotos para ver como o Panamá é realmente incrível e um ótimo destino:

Praias

Sim, o Panamá também é um ótimo destino de praia. Por isso, nada melhor do que conhecer as melhores praias de lá:

  • Arquipélago San Blás
  • Isla Perro
  • Isla e Playa de las Estrellas
  • Bocas del Toro
  • Isla Colón e Playa de Boca del Drago
  • Isla Bastimentos e Playa de Red Frog
  • Portobelo
  • Isla Viveros
  • Isla Contadora
  • Isla Taboga
  • Playa Blanca

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre o Panamá, suas atrações, principais destinos e o que fazer nesse país incrível. Aproveite e boa viajem!

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply