Quinta da Regaleira O que Fazer? Preços e Ingressos, Dicas e Muito mais

Palacio-da-Quinta-da-regaleira

A Quinta da Regaleira é um dos pontos mais visitados de Portugal, um lugar simplesmente mágico com 4 hectares cheio de Mistério, grutas, lagos e jardins que escondem rituais guardados as  chaves por maçons e jardim com um verde estonteante.

Localizado em Sintra a Quinta da Regaleira possui uma história centenária e considerado um patrimônio cultural da UNESCO a quinta da regaleira é de fácil acesso e merece uma atenção especial na sua visita a Sintra.

Vamos aqui mostrar tudo que aprendemos e visitamos na Quinta da Regaleira, é possível descobrir um pouco da História desta área visitando o Wikipedia, que nos conta essa parte da história neste trecho:

“A documentação histórica relativa à Quinta da Regaleira é escassa para os tempos anteriores à sua compra por Carvalho Monteiro. Sabe-se que, em 1697, José Leite era o proprietário de uma vasta propriedade nos arredores da vila de Sintra, que hoje integra a Quinta.

Francisco Albertino Guimarães de Castro comprou a propriedade (conhecida como Quinta da Torre ou do Castro em 1715), em hasta pública, e canalizou a água da serra a fim de alimentar uma fonte aí existente.

Em 1830, na posse de Manuel Bernardo, a Quinta toma a actual designação. Em 1840, a Quinta da Regaleira é adquirida pela filha de uma negociante do Porto, de apelido Allen, que mais tarde foi agraciada com o título de 1.ª Baronesa da Regaleira ou a mais conhecida Baronesa de Almeida. Data deste período a construção de uma casa de campo que é visível em algumas representações iconográficas de finais do século XIX.

A história da Regaleira actual principia em 1892, ano em que a propriedade foi adquirida pelo Dr. António Augusto de Carvalho Monteiro (1848-1920) por 25 contos de réis ou 25.000$000. A maior parte da construção actual da Quinta teve início em 1904 e estava terminada em 1910, ainda durante o período da monarquia” (fonte: wikipedia)

Eu fico imaginando como deveria ser a paz daquele lugar já naqueles séculos passados, das duas uma ou era extremamente entediante ou uma delicia, infelizmente os nobres naquela época eram muito sedentários e caminhavam pouquíssimo.

Como conhecer a Quinta da Regaleira?

O lugar é feito para passear sem ter muitos compromissos depois, por isso recomendo levar cangas e uns snacks para parar sentar e aproveitar o máximo.

A verdade é que  quando nós paramos um pouco para descansar descobrimos muitas coisas novas que se estivéssemos em movimento dificilmente iríamos notar.

A Quinta da regaleira assim como a maioria das construções em Sintra, era usadas pelos nobres como casa de verão, isso para permitir que os nobres tivessem um pouco mais de ar fresco durante o período mais quente do ano.

É engraçado acreditar que alguns elementos da Quinta sejam feitos de forma aleatória ou simplemente por que o Arquiteto achava algo belo, nada ali dentro é por acaso, e vou mostrar isso ao longo dos principais pontos da Quinta abaixo:

O Bosque: Quando falei que nada aqui é por acaso até mesmo as plantas que aqui estão são colocadas de forma estratégica, Carvalho de Monteiro tinha uma crença que remete ao primitivismo e por isso, mas próximo ao Palácio as plantas são mais ordenada e vai ficando mais selvagem ao passo que nos distanciamos do palácio.

Patamar dos Deuses: trata-se  de uma praça que ocupa uma área da Quinta onde estão dispostas 9 estátuas de Deuses Greco-Romanos, e mostra uma faceta interessante  Mitologia clássica no qual Carvalho Monteiro se inspirava

Poço Iniciático: O poço é um dos principais pontos da Quinta e é responsável por 90% de todas as imagens que temos na Internet a respeito da Quinta da Regaleira.

Trata-se de uma Torre invertida, possui uma escadaria em Espiral com 9 andares, cada lanço da escadaria possui 15 degraus, cada um está a invocar uma forte referência a Divina Comédia de Dante e que representam os 9 círculos do Inferno, do paraíso ou Purgatório.

Poço-iniciatico

Ao fundo da torre temos a imagem da rosa dos ventos sobre uma cruz templária e foi esculpida em mármore, este por sua vez é o emblema heráldico de Carvalho Monteiro.

O povo leva o nome de poço iniciático pois ali se faziam rituais de iniciação maçônica, este processo de iniciação na ordem maçom, leva um conceito de que a Terra é o útero materno de onde surge toda vida, assim como será nossa futura sepultura, assim como outros ritos este processo leva o conceito lúdico de vida e morte.

Saida-do-Poço-iniciático

A maçonaria sempre esteve muito presente em todas as grandes sociedades que governaram o mundo e Portugal não foi um País qualquer, a sua época áurea da era dos descobrimentos, elevou Portugal a um dos países mais importantes do Mundo.

Capela-da-Quinta-da-RegaleiraCapela da Santíssima Trindade: Com uma fachada ao estilo neomanuelino apresenta aos seus visitantes o mistério da anunciação, vemos na imagem o Anjo Gabriel descendo a Terra para dizer a Maria que ela iria ter um filho do Senhor.

Já dentro da capela no altar-mor podemos ver Jesus após sua ressurreição, há também painéis em mosaico e um vitral com nossa Senhora de Nazaré.

No chão temos rodeados de Pentagramas a esfera Armilar e a Cruz da ordem de cristo (a mesma da ordem templária que muda de nome ao se refugiar em Portugal).

Ao descer todo poço iniciático você vai dar num incrível labirinto com alguns corredores fantasmagóricos, estes túneis nos dão a sensação que estamos nas entranhas da Terra e saímos num belo lago que nos desafia a uma pequena prova de equilíbrio para que possamos sair.

Eu realmente imagino que os rituais ali deviam levar as pessoas que queriam entrar na ordem maçônica numa experiência bem real, pois naquela época com pouco iluminação e um ambiente mais medieval, o iniciante era obrigado a experienciar uma bela aventura repleta de emoções

A Torre da Regaleira: Esta torre foi construída para fazer uma representação do centro do mundo.

O Palácio: O palácio não é muito grande, mas ostenta uma bela torre octogonal com uma bela decoração. Seu interior possui quartos temáticos e uma área externa com uma varanda que cobre todo o redor do edifício.

 

Como ir de Lisboa até a Quinat da Regaleira em Sintra?

Bom existem duas maneiras mais simples de chegar até a Quinta da Regaleira em sintra, você pode ir de trem (chamado de Comboio em Portugal), descer em Sintra bem próximo do Centro Histórico e ir pegar um dos ônibus turísticos que ficam rodando Sintra ao longo do dia.

Esses ônibus (chamados de autocarros em portugal), são vermelhos e possuem e são da City Sightseeing, o custo é um pouco caro, são 20 Euros por pessoa, no entanto, você pode usar ele durante todo dia, isso quer dizer que, pode visitar a Quinta da Regaleira numa parte do dia e ir para outros lugares ao no restante do dia.

Existem aidna linhas locais que podem ser usadas também, em Sintra temos duas linhas de ônibus principais a linha 434 e a linha 435, maireos detalhes você pode ver um pouco mais abaixo onde descrevo “Como se locomover em Sintra”

Outra forma de chegar até Sintra é usando mesmo um carro, com o carro alugado você poderá usufruir um pouco mais do local, existem alguns locais onde é proibido estacionar e até mesmo trafegar com carros em Sintra então é bopm se informa direitinho quando chegar por lá.

Próximo aos locais turísticos ocmo a Quinta da regaleira, palácio da pena ou Castelo dos Mouros sempre há um parque de estacionamento por perto, então não precisa ficar preocupado, o importante é tentar estacionar num local onde você pode se locomver para duas ou mais atrações  pé, assim não precisará ficar trocando de estacinamento mais de um vez ao longo dia.

Eu prefiro ir a pé mesmo, acredito que a experiência de desbravar as coias usando o transporte local é muito mais enriquecedor, você pdoerá ter experiência com outros grupos de viagem e fazer novos amigos. Mas isso é algo pessoal e por isso deixo para vocês todas as opções e opniões!

Como se locomover em Sintra?

Cidade-de-Sintra-Centro-Histórico

434 – Circuito da Pena

Essa linha faz o circuito da Pena e percorre a parte mais alta da cidade, ou seja, ele roda memso pela serra e sai da estação de trem, sua primeira parada é no castelo dos Mouros, em seguida vai até o castelo da Pena.
Esse ônibus passa a cada 20 minutos e custa 5 Euros

Linha 435 – Vila Express 4 Palácios

Já a Linha 435 fica rodando mais pela parte baixa da cidade, passa pelo centro histórico e passa na Quinta da regaleira, segue até o Palácio de Monserrate e Palácio de Seteais.
Esse demora um pouco mais e passa a cada 30 minutos, e custa um pouco menos, apenas 2,50 Euros

Linha 403

Se você quer explorar mais Sintra tem ainda o cabo da Roca que é ond esta linha vai levar você, é
interessante que você vai estar próximo ao litoral de Cascais, outro local lindo que vale muito a pena conhecer.

Linha 417

Essa linha só vai mesmo até cascais

Linha 418

Essa linha faz o trajeto até Estoril, ligando Sintra. Estoril é um lugar belíssimo que fica pertinho de cascais, além
de praias lindissimas estoril ainda possui um cassino para quem procura um pouco mais de aventura!

Passe Diário: Se você for usar bastante ônibus em um dos dias, você poderá optar por um passe econômico, ele tem um
custo de 12 Euros, e funciona num sistema chamado Hop-On e Hop-Off, ou seja, você sobe e desce quantas vezes precisar
no decorrer do dia.

City Sightseeing: trata-se de uma empresa que detÊm licença para fazer o transporte turístico, com esse passe você vai poder usar um guia por meio de um fone de ouvido, ao que parece só funciona em português, existem dois percursos básiscos e a duração de uso do passe é de 1 dia

Dicas

Dicas-sobre-Sintra

Eu já estive na Quinta da regaleira por várias vezes, e toda vez que estou lá tem algo novo para descobrir, assim como o castelo de São Jorge em Lisboa, existem vastos Jardins que só indo diversas vezes para poder descobrir os pequenos detalhes que deixam tudo mais mágico.

Uma dica que posso dar para que você tire boas fotos e chegar bem cedo e ir direto para o poço iniciático, pois depois que os grupos de turismo começarem a chegar nessa parte você dificilmente vai conseguir pegar as escadarias sem pessoas.

Da última vez que fui, já subi direto e praticamente sem parar e mesmo assim tive poucos minutos sem pessoas por perto para poder fazer o vídeo e tentar fotos mais limpas sem muitas pessoas.

Essa é a grande dica que eu posso dar a respeito da Quinta da regaleira, pois ao entrar no parque você receberá um mapa com todos os caminhos possíveis, basta seguir as indicações do Mapa que você não vai se perder.

Ha sim, se você quiser economizar e comprar os ingressos de vários pontos turísticos de Sintra ao mesmo tempo poderá economizar alguns euros e assim aproveitar outras atrações de Sintra.

O Link para comprar os Ingressos vou deixar abaixo, você também poderá comprar na hora mais poderá enfrentar algumas filas se chegar muito tarde nos locais.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply