Marrocos Pontos Turísticos, onde ir e o que Fazer

marrocos

Marrocos, um país do Norte da África banhado pelo Oceano Atlântico e pelo Mar Mediterrâneo, distingue-se pelas influências das culturas berbere, árabe e europeia.

Para quem não conhece bem, fique sabendo que o Marrocos é um país muçulmano, sendo considerado um dos mais permissíveis e tolerantes. Ele fica localizado no norte da África e possui cerca de 34 milhões de habitantes.

A capital do Marrocos é Rabat, porém Casablanca é considerado o maior potencial econômico e também a maior e mais povoada cidade. Já as cidades de Marraquexe, Méknes e Fez são as cidades de maior acervo cultural e histórico do mundo.

Marrocos ainda tem o porto Tanger, que ocupa a posição de terceiro mais movimentado de toda a África e também e a porta de entrada do país para aqueles que estão vindo da Europa.

Mais do que isso, o território desse país também é cortado por 4 cadeias montanhosas, o que cria 3 regiões bastante distintas que são: deserto, costa e montanhas. 

Então, se você está interessado e quer descobrir um pouco mais sobre o Marrocos, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Vamos lá?!

Quando ir

Como já foi dito, o Marrocos tem regiões bastante distintas e é por isso que ele pode facilmente ser frequentado o ano inteiro. No entanto, claro, ir ao país durante a estação de verão pode acabar inviabilizando o acesso a determinadas regiões, além de ser insuportavelmente quente.

Entre novembro e abril temos o outono e a primavera no país e esses são, sem dúvidas, os melhores meses para fazer sua viagem por lá!

Entre os meses de dezembro e janeiro, mais especificamente, o clima tende a ficar mais seco e frio, o que faz com essa alta temporada coincida com as datas de Natal e Ano Novo.

Já os meses de abril, maio e outubro são considerados média temporada, visto que o fluxo de turistas é menor, os custos mais baixos e o clima ainda está agradável.

Os meses de junho e setembro é considerado a época de baixa temporada fora da região da costa. O calor também fica mais intenso e as viagens ao deserto ficam impossíveis.

Como chegarComo-chegar-no-Marrocos

Pois bem, como você sabe, o Marrocos fica em um outro continente, portanto, a melhor forma de chegar lá é de avião mesmo.

A Royal Air Marrocos, companhia marroquina, oferece voos semanais que saem de duas capitais brasileiras: Rio de Janeiro e São Paulo.

Depois de embarcar, é só relaxar um pouco, visto que a viagem dura cerda de 11 horas até chegar a Casablanca.

Para quem quer uma opção um pouco mais em conta, a dica é procurar uma passagem Brasil-Espanha e depois seguir de lá até a capital do Marrocos. 

Fazendo isso é possível economizar uma boa quantia de dinheiro, embora aumente o seu deslocamento.

O que fazer

Atualmente já é possível encontrar muitas promoções de passagens aéreas para esse país incrível e cheio de encantos. Por isso, você não pode deixar de aproveitar e conhecer todas as maravilhas que ele tem a oferecer, veja:

  • Sinta os aromas da Praça Jemaa El Fna em Marraquexe

Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade pela UNESCO, essa praça é onde tudo acontece na cidade de Marraquexe. Durante ou dia ou à noite, a praça irá mostrar toda a alegria do povo marroquino.

  • Se perca na medina de Chefchaouen

Chefchaouen encanta aos seus viajantes com suas ruazinhas pintadas de azul e um por do sol maravilhoso. Por lá, conheça a o Kasbah Museum, uma fortaleza antiga do século XV, e a mesquita Espanhola.

  • Durma em meio às dunas do Deserto do Saara

Uma verdadeira cena de cinema, você pode fazer um passeio de dromedário no deserto do Saara, assistir a um incrível pôr do sol e depois dormir nas tendas preparadas especialmente para os turistas, em meio ao deserto.

  • Surpreenda-se com a maior mesquita da África

De frente para o mar, na cidade de Casablanca, a mesquita Hassan II é um dos principais símbolos da modernidade do Marrocos, sendo a maior da África e uma das poucas que permite a entrada de não-muçulmanos.

  • Faça uma caminhada pela Garganta de Todra

A natureza é verdadeiramente algo surpreendente no Marrocos, tornando-a um excelente destino para aventura. Então, aproveite o grande desfiladeiro com paredões de até 200m de altura chamado Garganta de Todra.

Onde ficarcasas-riad

A principal dica quando o assunto é hospedagem é que você aproveite o baixo valor para ficar em lugares que são mais legais e mais ricos em história.

Mais do que isso, busque cidades que estão fora da principal rota turística, conhecendo um lado do país que ainda não foi tão explorado, especialmente na média temporada, que os preços são ótimos.

Durante a sua viagem, também procure experimentar sensações diferentes, como se hospedar em hotéis antigos, em tendas no deserto ou até mesmo em casas Riad, que são casas tradicionais marroquinas, dentro das medinas.

Uma boa alternativa para encontrar essas alternativas é dar uma olhada no Booking, por exemplo!

O que comer

TagineMuito rico culturalmente, o Marrocos transmite sua história para sua gastronomia, oferecendo pratos únicos e muito saborosos. Então, vamos ver algumas opções de pratos que você não pode deixar de experimentar no Marrocos:

  • Couscous

Esse prato é uma herança dos povos originários do Norte africano. Essa é uma das comidas típicas marroquinas mais difundidas no ocidente. O prato leva a base de semolina, mas também tem carnes, vegetais e molho.

  • Bastila

Essa torta folhada traz o forte tempero característico da região, como canela, açafrão e gengibre, combinados com amêndoas doces, frango e ovos.

  • Tagine

Esse é o nome dado a um conjunto de comidas típicas, a uma técnica de cozimento e também a uma louça tradicional da região. Existem muitas comidas típicas que são preparadas no Tagine, que tem formato cônico, que possibilita manter mais o sabor dos alimentos.

  • Tanija

Esse prato é um tipo de cozido de carne, normalmente de cordeiro, que leva horas no seu preparo. É usada uma panela de barro para fazer Tanija e também muitas especiarias para das sabor ao prato.

  • Kefta

Um tipo de “almondega”, o prato pode ser feito com carne de cordeiro ou bovina. 

  • Zaalouk

Esse prato é uma pasta de berinjela, sendo possível encontrar muitas variações da mesma pelo país.

Mais do que isso, experimente também pratos como a Bissara, Taktouka, Harira, Chebakia, Kebab El Ghazal e Chermoula.

Marrocos Pontos Turísticos

Como já foi dito, o Marrocos é um país verdadeiramente incrível e que apresenta uma cultura e história muito ricos. Por isso, nada melhor do que mergulhar em seus pontos turísticos para conhecer um pouco mais desse incrível lugar, veja:

  • Marraquexe

Essa cidade tem monumentos por todos os lados e é considerada como Patrimônio Mundial pela UNESCO. Por lá, você pode conhecer a Praça Djemaa el-Fna, onde você encontrará contadores de história e os famosos encantadores de serpente.

Para quem aprecia o comercio local, vale conhecer também os souks, que são mercados ou feitas que tem muito artesanato locais que vão desde ferro forjado até têxteis.

Para os que gostam de história, vale conhecer o Palácio Bahia, Les Jadins de Majorelle e o Museu de Marraquexe.

Marraquexe

Marrakesh, uma antiga cidade imperial situada no oeste de Marrocos, é um importante centro econômico e conta com mesquitas, palácios e jardins.

  • Casablanca

Uma das principais cidades do Marrocos, Casablanca também oferece uma boa variedade de atrações. A cidade ficou mais famosa por causa do filme Casablanca e é bem cosmopolita, embora preserve muito bem a sua cultura e história.

Por lá você verá arquitetura Art Deco, prédios modernos e outras construções bastante tradicionais.

A Mesquita de Hasan II é um dos pontos mais visitados da cidade. Ela fica à beira do mar e tem um mirante de 200 metros.

Casablanca-marrocos

Casablanca é uma cidade portuária e um centro comercial no oeste de Marrocos, de frente para o Oceano Atlântico.

  • Dunas de Erg Chebi

Essas dunas ficam no Deserto do Saara, sendoo uma parada obrigatória por lá. Apesar da infinidade de areia que a vista não alcança, que causa uma sensação de isolamento, o acesso até lá é simples.

Dunas-de-Erg-Chebi

Dunas de Merzouga, é um dos dois grandes ergues (conjunto de dunas) do deserto do Saara de Marrocos. Situa-se a sudeste do centro de Marrocos, a nordeste e oeste de Merzouga e a sudeste de Rissani e de Erfoud, na região de Tafilalet e região administrativa de Meknès-Tafilalet, perto da fronteira com a Argélia.

  • Fez

Fez é a cidade imperial mais antiga do Marrocos e onde foi fundada a primeira universidade do país. Justamente pelo fato de ser uma das mais bem-preservadas, é que se torna o lugar ideal para conhecer a cultura local.

Uma visita à parte mais antiga da cidade pode ser uma experiencia enriquecedora. Estando lá, conheça o Palácio Real que, embora não permita a entrada, a visita já vale só pela fachada que tem enormes portas de bronze e cerâmica colorida.

O Curtume de Chouara é um outro local que vale a pena visitar, onde você encontrará tanques com líquidos coloridos para tingir couro.

Fez

É a capital da prefeitura homónima e da região de Fez-Boulemane.

  • Chefchaouen

Também chamada de “cidade azul”, essa pequena cidade tem como sua principal característica as diversas casas de muros e portas azuis. O contraste de cores ilumina a cidade, formando um cenário lindo.

As ruas estreitas não possibilitam a circulação de carros, por isso, o ideal é aproveitar para fazer um passeio a pé e já comprar uns artesanatos por lá.

Chefchaouen

Xexuão, por vezes chamada Barraxe ou Barraxá, nome pelo qual os portugueses conheciam o seu primeiro alcaide Mulei Ali ibne Raxide, é uma cidade e comuna do norte de Marrocos, situada nos contrafortes das montanhas do Rife, 55 km a sul de Tetuão e 100 km a sul de Ceuta.

  • Essaouira

Essa é uma cidade costeira com forte presença de pescadores, embora seja bem turística. 

Visitar a medina local é uma boa opção para quem gosta de conhecer a história do local, que é tão rica e interessante quanto a de Fez ou de Marraquexe, embora muito mais tranquila.

Essaouira

Essaouira antigamente chamada Mogador, é uma cidade da costa sudoeste de Marrocos, capital da província homónima, que faz parte da região Marrakech-Tensift-Al Haouz. Em 2004 tinha 69 493 habitantes e estimava-se que em 2012 tivesse 78 390 habitantes.

  • Merzouga

Essa cidade é uma das principais bases para aqueles turistas que vão conhecer o Deserto do Saara. Ela fica a 10 horas de viagem de Marraquexe, sendo possível fazer uma parada em Ouarzazete.

Merzouga

Merzouga é uma pequena aldeia Berbére no deserto do Saara em Marrocos localizada a cerca de 35 km de Rissani, 40 km de Erfoud, e, a cerca de 20 km de distância da fronteira com a Argélia.

Dicasque-roupa-devo-vestir-no-marrocos

Além de lindo, o Marrocos também é um país de forte cultura e hábitos, que podem ter um grande contraste com o mundo ocidental. Portanto, nada melhor do que contar com algumas dicas incríveis para ter uma boa experiencia por lá, veja:

  • Visto

Os brasileiros podem entrar no país como turista, para uma permanência de até 90 dias, sem a necessidade de visto.

  • Idioma

O Marrocos tem uma mistura de idiomas que torna um pouco mais complicado entender o que falam por lá. O idioma oficial é o árabe, mas o espanhol e o francês também são bem presentes, além do inglês, claro, que é uma língua global.

Então, se precisar se comunicar, prefira sempre o inglês ou o francês para isso.

  • Negocie

No Marrocos, as pessoas já nascem sabendo vender. Por lá, tudo é negociável e essa é uma prática bastante respeitada no país. Pelo contrário, o desrespeito está em aceitar o preço que foi dado sem qualquer negociação.

Até mesmo o valor do taxi pode ser negociado e a recomendação é fazer isso antes mesmo de entrar no veículo.

  • Cuidado com os golpes

É grande a chance de você ser enganado por lá, mesmo sendo brasileiro, afinal, você será turista e no Marrocos há um esquema para cada coisa. Então, saiba que desde o taxi até uma informação na rua, é tudo pago.

  • Escolha um guia com cuidado

Há muita gente nas ruas se oferecendo como guia de turismo na cidade, mas muitos são apenas oportunistas. Lembre-se que os guias no Marrocos devem ser certificados e licenciados.

  • Vestimenta

Embora seja um país muçulmano, com os turistas a situação é mais relaxada. No entanto, as mulheres devem optar por roupas menos insinuantes e sem decote, para evitar o assédio. A dica também é levar sempre um xale consigo.

Transportes

Chegando de avião ao país, você entrará por Marraquexe ou Casablanca, possivelmente. Se vier por via terrestre ou balsa, chegara por Tanger.

Voar dentro do país não é algo muito barato e nem prático, por isso, o transporte rodoviário ou ferroviário é a melhor opção.

A malha ferroviária do Marrocos é boa, conectando todo o eixo central do país, além das companhias de ônibus que atendem outras localidades. As principais delas são CTM e Supratours. 

O taxi também é outra opção, mas os carros são bem antigos e podem ser compartilhados em até 6 pessoas, sem contar o motorista.

Fotos

Agora, veja algumas fotos desse lugar incrível, tão rico em cultura e história:

Praias

Saidia-Marrocos

Saïdia, alcunhada de “Pérola Azul”, é uma cidade costeira e estância balnear do extremo nordeste de Marrocos, pertencente à província de Berkane e à região de Oriental. Em 2004 tinha 3 338 habitantes e estimava-se que em 2012 tivesse 4 058 habitantes.

Como já foi dito, o Marrocos tem uma região de costa. Por lá, é possível encontrar praias paradisíacas, um tanto esquecida pelo mundo do entretenimento. Então, vamos conhecer algumas das principais praias do Marrocos na África:

  • Al Hoceïma: ao norte do Marrocos e banhada pelo Mar Mediterrâneo, essa praia tem areias claras e mar azul estonteante.
  • Nador: um refúgio localizado na porção oriental do Marrocos, Nador é uma grande bacia de água salgada do Mediterrâneo.
  • Saïdia: também chamada de “pérola azul”, essa praia é uma das mais populares por lá, localizada no nordeste marroquino, sendo bastante frequentada pelos nativos.
  • Moulay Bousselham: essa é considerada uma das mais belas praias do Atlântico Norte e fica perto de Rabat, a capital do país.
  • Skhirat: o destino preferidos dos marroquinos com mais dinheiro, essa praia tem uma localização privilegiada, visto que fica perto da capital e de Casablanca.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre o Marrocos, seus pratos típicos, pontos turísticos e atrações que não podem ser esquecidas. Aproveite essas informações e boa viagem!

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply